Publicidade
Em Brasília

Na posse, Dilma anuncia lema do governo: “Brasil pátria educadora”

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, tomou posse nesta quinta-feira (1) para mais quatro anos de mandato. No discurso, enalteceu qualidades da primeira gestão, iniciada em 2011. Ensaiou a criação de um PAC 3 (Plano de Aceleração do Crescimento). E anunciou o lema dos próximos quatro anos de governo: Brasil pátria educadora.

Gostaria de anunciar o novo lema do meu governo. Ele é simples, direto e mobilizador. E reflete com clareza que será nossa grande prioridade e sinaliza para qual setor deve convergir o esforço de todas as áreas. O novo lema é: 'Brasil, pátria educadora'", afirmou ela.

Dilma ensaiou ainda a criação de um terceiro PAC, combinando investimento público com parcerias privadas. Um Brasil mais competitivo está nascendo a partir dos investimentos em estrutura, energia e logística. Desde 2007, foram duas edições do PAC, que totalizaram cerca de R$ 1 trilhão, falou.

No texto de posse, reproduzido em um teleprompter posicionado para ela, Dilma ainda enalteceu os quatro anos anteriores de governo. Provamos que é possível crescer e distribuir renda, e vamos provar que podemos fazer reajustes na economia sem trair compromissos sociais assumidos. [...] É inadiável adotar praticas políticas mais modernas, éticas e saudáveis. Isso torna urgente e necessária a reforma política, afirmou.

Dilma também falou sobre a Petrobras e afirmou ter muitos motivos para proteger a estatal de predadores internos e de seus inimigos externos. Por isso vamos apurar com o rigor tudo de errado que foi feito e fortalecer cada vez mais mecanismos que impeçam que fatos como esse voltem a acontecer", disse Dilma. O escândalo de corrupção na estatal levou à prisão de diretores e executivos de empresas contratadas pela companhia.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES