Publicidade
Série B

Na reestreia de Rafinha, Coritiba vence com dois de Rodrigão e recorde de público

O Coritiba venceu por 2 a 1 o Cuiabá, nesse sábado (dia 25) pela manhã, no Couto Pereira, pela 5ª rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou na 5ª colocação, com 8 pontos – um ponto abaixo do G4. A equipe do Mato Grosso está em 6º lugar, também com 8 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool

Agora, o Coxa volta a jogar em 3 de junho (segunda-feira), contra o América-MG, em Belo Horizonte.

A partida desse sábado marcou a reestreia do ponta Rafinha, 35 anos, que fez história pelo clube de 2010 a 2013. Ele deu o passe para o primeiro gol de Rodrigão na partida.

PÚBLICO
O jogo com o Cuiabá faz parte da promoção de três partidas por R$ 15. O primeiro foi com o Londrina, com 33.471 pagantes no Couto Pereira. Era o maior público do clube em 2019. A partida contra o Cuiabá superou essa marca, com 37.220 pagantes no estádio. O último jogo da promoção será em 8 de junho, contra o Paraná Clube.

A bilheteria deste sábado também foi a maior do Coritiba nos últimos 12 anos. A última marca superior foi em 2007, contra o Marília, pela Série B, com 38.680 pagantes.

ARTILHEIRO
O centroavante Rodrigão marcou mais dois e agora soma 13 gols em 14 jogos pelo Coxa em 2019. Ele é o artilheiro da Série B com 5 gols em 5 partidas, empatado com Hernane Brocador, do Sport.

JEJUM DE GOLS
O Coritiba interrompeu seu maior jejum de gols no ano. Ficou 265 minutos sem marcar. O último havia ocorrido aos 16 minutos do primeiro tempo, no empate por 1 a 1 com o Atlético-GO. Depois, a equipe ficou no 0 a 0 com o Londrina e perdeu por 1 a 0 para o CRB.

FATOR CAMPO
O Coritiba está invicto no Couto Pereira em 2019, com 5 vitórias e 6 empates.

QUASE INVICTO
O Cuiabá só tinha uma derrota no ano antes de enfrentar o Coritiba - foi para o Botafogo, no Rio, pela Copa do Brasil. Nos demais jogos, o time do Mato Grosso somou 15 vitórias e 5 empates.

TÉCNICO
Esse foi o 12º jogo do técnico Umberto Louzer no Coritiba, agora com 6 vitórias, 4 empates e 2 derrotas.

ESCALAÇÃO
O técnico Umberto Louzer armou o time no 4-2-3-1 de sempre. A novidade era Rafinha do lado esquerdo. A linha de três do setor ofensivo ainda tinha Patrick Brey na direita e Giovanni centralizado.

PRIMEIRO TEMPO
O Coritiba foi melhor na primeira etapa e criou três boas jogadas ofensivas. O Cuiabá mostrou força na marcação e levou perigo em um contra-ataque. Os melhores momentos do Coxa surgiram em tabelas entre Rafinha, Rodrigão e Patrick Brey. O gol saiu aos 11, quando Rodrigão tabelou com Rafinha e chutou no canto.

SEGUNDO TEMPO
O Cuiabá fez duas substituições na volta do intervalo e passou a controlar o jogo. O Coritiba ficou recuado e sentiu a pressão. O empate virou questão de tempo. E ocorreu já aos 13. Escudero driblou Wilson e cruzou para Todinho finalizar de cabeça: 1 a 1. Louzer reagiu aos 16, trocando um meia por outro (Giovanni por Alano) e um volante por outro (Vitor Carvalho por Matheus Sales). O jogo ficou equilibrado a partir daí, mas quase sem jogadas ofensivas dos dois lados. Aos 31, saiu o lateral William Matheus e entrou o atacante Igor Jesus. Patrick Brey recuou para a lateral. O gol do Coxa veio na bola parada, aos 35. Diogo Mateus levantou para a área, em cobrança de falta, e Rodrigão cabeceou no canto: 2 a 1.

ARBITRAGEM
O Cuiabá reclamou de um pênalti não marcado, aos 36. A imagem da TV mostra que a bola bateu no braço de Igor Jesus, dentro da área.

ESTATÍSTICAS
Nos 90 minutos, o Coritiba teve 46% de posse de bola, 9 finalizações (2 certas), 76% de precisão nos passes e 6 escanteios. O Cuiabá somou 12 arremates (2 certos), 81% nos passes e 2 escanteios. Os dados são do Sofascore.

CORITIBA 2 x 1 CUIABÁ
Coritiba: Wilson; Diogo Mateus, Alan Costa, Romércio e William Matheus (Igor Jesus); Vitor Carvalho (Matheus Sales) e João Vitor; Rafinha, Giovanni (Alano) e Patrick Brey; Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer
Cuiabá: Victor Souza; Toty, Douglas Mendes, Edson Borges e Danilo (Alex Ruan); Jean Patrick e Marino (Caio Dantas); Alê, Escudero (Eduardo Ramos), e Felipe Marques; Júnior Todinho. Técnico: Itamar Schulle
Gols: Rodrigão (11-1º e 35-2º), Júnior Todinho (13-2º)
Cartões amarelos: Diogo Mateus (Cor). Toty, Marino (Cui).
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Público: 37.220 pagantes (39.252 total)
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
11 – Gol do Coritiba. Rodrigão recebe na ponta-esquerda, tabela com Rafinha, recebe na área e toca com estilo, no cantinho.
26 – Escudero dá belo passe de peito para Felipe Marques, na área. A bola escapa no domínio.
33 – Boa tabela entre Patrick Brey e Rodrigão. Brey recebe na área, mas o goleiro sai bem e evita o gol.
43 – Felipe Marques cruza da esquerda. Júnior Todinho entra rápido na área e cabeceia perto, ao lado.
45 – Bom passe de Giovanni. Patrick Brey domina na meia-lua e chuta. A zaga trava o arremate.

Segundo tempo
1 – Alan Costa lança. Patrick Brey dribla um, invade a área e tenta o chute, mas é travado.
5 – Caio Dantas faz o pivô e ajeita para Toty, que chuta cruzado. Wilson defende.
12 – Escudero enfia. Felipe Marques recebe na área e chuta. Alan Costa trave a finalização.
13 – Gol do Cuiabá. Após escanteio para o Coritiba, o Cuiabá puxa o contra-ataque. Depois de bate e rebate, Escudero dribla Wilson e cruza para Todinho cabecear para o gol vazio.
26 – Escanteio. Diogo Mateus cruza. Alan Costa cabeceia no canto. Impedido, Rafinha tenta desviar, mas erra.
35 – Gol do Coritiba. Falta no meio-campo. Diogo Mateus lança na marca do pênalti. Rodrigão cabeceia no canto.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES