Publicidade
Esporte

Neymar diz que ainda não está 100% e foge de pergunta sobre Real

DIEGO GARCIA, LUIZ COSENZO E SÉRGIO RANGEL

RIO DE JANEIRO, RJ, E SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Três meses após sofrer uma lesão no quinto metatarso do pé direito durante jogo do Paris Saint-Germain, o atacante Neymar afirmou que ainda não está 100%.

Ele passou por cirurgia no início de março e só retornou aos treinos com bola há dez dias no próprio clube francês. Na última semana fez as primeiras atividades com a seleção brasileira na Granja Comary.

"Ainda não estou 100%. Isso é com o tempo. Há um receio de fazer os movimentos totais. Ainda faltam alguns dias para a estreia", disse o atacante na sede da CBF, onde os jogadores almoçaram, visitaram o Museu da entidade antes de embarcarem para Londres, local da segunda etapa da preparação.

"Já tive algumas dificuldades que estou tendo agora. Perder o medo demorar um pouco. Tem nada que possa me impedir. O receio que sinto é por estar três meses parado. Fisicamente estou bem. O pé está bom, lesão está boa. Claro que estou me adaptando em algumas coisas. Tenho alguns incômodos, mas nada que vá atrapalhar", acrescentou o camisa 10, que não estava escalado para dar entrevista, mas errou o local de saída do museu e foi chamado para conversar com os jornalistas.

Neymar sofreu a lesão durante o jogo entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marselha no dia 25 de fevereiro, pelo Campeonato Francês. Menos de uma semana depois, passou por cirurgia.

Ele deve jogar pela primeira vez desde o procedimento no próximo dia 3, quando a seleção brasileira enfrenta a Croácia em Liverpool. No dia 10, a equipe de Tite enfrenta a Áustria, em Viena.

Os amistosos são os últimos antes da estreia no Mundial da Rússia, que está marcada para o dia 17 de junho em Rostov.

"A expectativa é de que ele esteja à disposição para o primeiro amistoso. Foi submetido a uma carga de trabalho importante nesta semana, respondeu super bem. É claro que ele ainda precisa de um tempo de adaptação, de se sentir cada vez mais seguro. Essa fase de dois amistosos é importante para que ele possa se sentir cada vez melhor e preparado para a Copa do Mundo", afirmou o médico Rodrigo Lasmar.

Neymar também comentou sobre o interesse do Real Madrid na sua contratação. "O foco é seleção brasileira. Estão falando besteira, acho que não vale nem responder", afirmou o atacante.

A seleção viaja ainda na tarde deste domingo para Londres, onde será realizada a segunda fase de preparação para a Copa do Mundo. 

A equipe estará completa com os 23 jogadores somente na quarta-feira (30). A comissão técnica decidiu dar um tempo maior de descanso para Casemiro, Marcelo e Firmino, que disputaram a final da Liga dos Campeões no sábado, em Kiev.

DESTAQUES DOS EDITORES