Publicidade
Lapa

Onça-parda é flagrada por câmeras escondidas em reserva particular

A presença da onça-parda indica remanascentes florestais na região
A presença da onça-parda indica remanascentes florestais na região (Foto: Foto: Divulgação)

Armadilhas fotográficas instaladas em uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) na cidade da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba registraram a presença de uma onça-parda (Puma concolor).
A espécie é o segundo maior felino do Brasil e está presente em todos os biomas brasileiros. A ampla distribuição, porém, não evita o quadro de intenso declínio populacional da espécie nos últimos anos, que se encontra atualmente na categoria “vulnerável” no Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção elaborado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
O avanço das cidades e da agricultura sobre áreas naturais, gerando o desmatamento e a fragmentação do habitat natural, e a diminuição das presas são algumas das principais ameaças. “Além disso, muitos episódios de caça ainda são registrados na região, diminuindo ainda mais a incidência da espécie”, explica Rômulo Silva, técnico da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS). “Mas o registro de um animal desse porte, topo da cadeia alimentar, é sempre uma boa notícia. A presença da onça-parda ainda indica que os remanescentes florestais da região encontram-se em um bom estado de conservação e isso é essencial para que essa e outras espécies possam cumprir seu ciclo de vida”, finaliza Rômulo.

DESTAQUES DOS EDITORES