Publicidade
Ministério da Saúde

Onyx Lorenzoni e Osmar Terra são flagrados discutindo saída de Mandetta

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O jornalista Caio Junqueira, da CNN, ouviu na manhã desta quinta-feira (09 de abril) uma conversa entre o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o deputado federal Osmar Terra, na qual os dois conversam sobre uma possível substituição do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e a consequente substituição da política de enfrentamento ao coronavírus no Brasil.

De acordo com a emissora, o jornalista ouviu a conversa após ligar Às 8h33 para Terra. O parlamentar atendeu o telefonema, mas nada falou. Como não desligou a chamada, foi possível acompanhar o diálogo de pouco mais de 14 minutos.

No diálogo, Terra, que é cotado como substituto de Mandetta, reclama da política do atual ministério da Saúde. Segundo ele, o isolamento horizontal "não está protegendo o grupo de risco" e é preciso "uma política que substitua a política de quarentena".

Os dois políticos também fizeram projeções, estimando entre 3 e 4 mil mortos no Brasil pela Covid-19. Segundo eles, "vai morrer menos gente de coronavírus do que da gripe sazonal". Foi quando entraram especificamente no assunto Mandetta, criticando a postura do ministro.

"Ele não tem compromisso com nada do que o Bolsonaro está fazendo", teria dito Onyx, no que Terra emendou afirmando que Mandetta "se acha". Para o ministro, Bolsonaro já devia ter demitido o médico de seu cargo. "Eu não teria segurado, eu teria cortado a cabeça dele".

Confira a reportagem completa e todos os detalhes do diálogo no site da CNN

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES