LICITAÇÕES

Operação mira fraudes de R$ 6 milhões

A Polícia Civil do Estado do Paraná (PCPR) e o Ministério Público do Paraná (MPPR) cumpriram 21 mandados de busca e apreensão em endereços relacionados a suspeitos de fraude em licitações, em Santa Helena, Oeste do Estado, ontem. Um homem foi preso em flagrante por posse de munição irregular. Também foram apreendidos documentos, aparelhos de informática e celular, que irão auxiliar no andamento investigações.
O prejuízo aos cofres públicos é superior a R$ 6 milhões. As ordens judiciais foram cumpridas simultaneamente naquele município e em São Miguel do Iguaçu, também na região Oeste.
As diligências, conduzidas pela Divisão Estadual de Combate à Corrupção da PCPR, foram iniciadas em agosto de 2020, após um pedido do Núcleo de Foz do Iguaçu do Grupo Especial na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa do MPPR, que noticiava supostos crimes de fraude em licitações, praticados por um ex-secretário de Santa Helena e seus familiares. Eles estariam usando empresas fantasmas para burlar o processo licitatório e usar o dinheiro público em benefício próprio.