Publicidade
Brasil

Operação na favela da Mangueira deixa 4 mortos e 3 policiais feridos

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Uma operação da PM na favela da Mangueira, região central do Rio, deixou quatro homens mortos e três policiais feridos, na tarde deste sábado (13). Segundo a PM, os quatro mortos eram suspeitos de envolvimento com o tráfico e entraram em confronto com a polícia. Dois policiais ficaram feridos por estilhaços e o terceiro foi encaminhado com um ferimento grave para o Hospital Central do Exército. A operação tinha o objetivo de prender traficantes da favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio, que estariam escondidos na Mangueira. Na tarde de sexta-feira (12), um delegado foi morto perto do Jacarezinho e a Polícia Civil fez operação no mesmo dia em busca de suspeitos. Um já foi identificado. A PM não esclareceu se a operação deste sábado, na Mangueira, teve relação com a morte do delegado. Enquanto acontecia a operação, moradores atearam fogo a objetos na via que passa na base do morro da Mangueira, a rua Visconde de Niterói. Segundo a PM, policiais foram atacados com pedras. Policiais do 4º BPM fizeram um cerco e detiveram 24 pessoas. A ocorrência foi registrada na Cidade da Polícia. Até o final da tarde haviam sido apreendidos um fuzil M4, três pistolas, uma granada, dois artefatos explosivos, carregadores e munição. Por causa da operação, o zoológico, que fica a cerca de dois quilômetros da Mangueira, foi fechado. CRISE NO RIO Com salários atrasados e falta de dinheiro para manutenção de veículos e equipamentos para a polícia, o Rio tem sofrido com o crescimento dos índices de violência. A crise também enfraqueceu o projeto das UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora), que estão passando por modificações, abrindo espaço para novas guerras entre facções de bandidos.
Publicidade

Veja também