Publicidade
Contabilidade Fácil

Operações em Bolsa de Valores

Atualmente muitas pessoas estão se aventurando em buscar “ganhos fáceis e rápidos” como os investimentos em Bolsa de Valores. A quantidade de ofertas de cursos sobre o assunto, principalmente na internet atrai, de forma exponencial, pessoas que não conhecem direito os riscos envolvidos nesse tipo de operação. A visão que acabam tendo do assunto é somente a parte dos ganhos fáceis e rápidos.

No Brasil, que ainda temos a grande parte da população apenas investindo em caderneta de poupança, onde os ganhos são constantes, mesmo que sejam pequenos, a maioria da população não está preparada para investir algo que pode dar perdas de capital.

Quando se trata de investimentos mais arrojados como os day trade, operações que são finalizadas no mesmo dia, o risco se torna ainda maior. Risco maior, ganhos e perdas maiores. Se o investidor não está preparado pode ser levado a perdas do seu capital inteiro, que é conhecido como “quebra da banca” no jargão dos apostadores em cassino ou afins.

Para aqueles que desejam entrar neste mercado devem começar comprando ações de empresas conhecidas como Blue Chips, aquelas que constituem o índice da Bolsa e, mesmo que tenham quedas expressivas, dificilmente o investidor terá perda total investindo nelas, principalmente se fizer investimentos mais longos e nunca nas operações com compras e vendas no mesmo dia.

Importante entender que nas operações de um dia, a tributação, caso haja lucro, é mais alta que operações longas, e que se não ultrapassarem as vendas acima de vinte mil por mês são isentas de tributação.

Celso Oliveira é contabilista, professor da Estácio Curitiba e da FAE Centro Universitário

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES