Publicidade
Guairão

Orquestra Ouro Preto e Alceu Valença apresentam Valencianas em Curitiba

(Foto: Íris Zanetti)

O Sul do país receberá pela primeira vez o concerto Valencianas da Orquestra Ouro Preto com o cantor Alceu Valença. A cidade escolhida para receber o espetáculo pela primeira vez no sul-brasileiro é Curitiba, capital do Paraná. A apresentação será no dia 17 de abril, quarta-feira, às 20h30, no Centro Cultural Teatro Guaíra, o Guiarão (R. XV de novembro, 971, Centro). Os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro e em www.diskingressos.com.br. Os preços variam de R$ 20,00 a R$ 100,00 para plateia, 1º balcão e 2º balcão. O concerto é patrocinado pela SulAmérica por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

Gravado em CD e DVD, Valencianas apresenta um recorte na biografia musical de Alceu Valença, que em 2012, ao completar 40 anos de carreira, teve, pela primeira vez, suas canções adaptadas para a música de concerto pela Orquestra Ouro Preto, regida pelo maestro Rodrigo Toffolo. Em 2015, o espetáculo foi consagrado com o Prêmio da Música Brasileira na categoria Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. E, chega agora, pela primeira vez, em Nova Lima com o apoio da Prefeitura Municipal e encerra a Semana da Mulher.

Com participação do cantor e compositor, Valencianas tem arranjos assinados pelo violinista da Orquestra, Mateus Freire, paraibano, que teve o cuidado de preservar e não descaracterizar a essência da obra de Alceu, com seu compromisso permanente com a cultura popular nordestina. O espetáculo começou a ser preparado em 2010, quando o maestro e o compositor foram apresentados, em Ouro Preto, por um amigo em comum, depois produtor do espetáculo, Paulo Rogério Lage, que há tempos planejava proporcionar contornos orquestrais ao cancioneiro de Alceu.

Mais que propor o diálogo entre a música erudita e a canção popular, Valencianas procura demonstrar a universalidade artística de Alceu e a diversidade de sua obra, em canções como Coração Bobo, Anunciação, Tropicana, Ladeiras, Junho e tantas outras. "O desafio é respeitar aquilo que torna a obra de Alceu Valença única. O espetáculo é grandioso e busca evidenciar a maestria do cantor e a nordestinidade inerente à sua obra, capítulo fundamental na história da música de nosso país, que contribuiu, inclusive, para a ideia de música popular brasileira que temos hoje", afirma Rodrigo Toffolo.

E Alceu Valença celebra o encontro com a Orquestra. "Num mundo dominado pela indústria do entretenimento, onde tudo é dinheiro e há pouco sentimento, a música de concerto é uma forma de transcendência. Este projeto representa uma nova vertente na minha carreira", celebra o homenageado.

A Orquestra

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto tem como diretor artístico e regente titular o maestro Rodrigo Toffolo. Premiado nacionalmente, o grupo jovem vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo. A orquestra foi criada em 2000 e seu trabalho é marcado pelo experimentalismo e ineditismo.

Maestro Rodrigo Toffolo

Rodrigo Toffolo é diretor artístico da Orquestra Ouro Preto desde sua fundação, em 2000, e assumiu a regência titular do grupo em 2007, após formação junto ao Maestro Ernani Aguiar, um dos maiores compositores e pesquisadores brasileiros em atividade. Doutorando em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa (Portugal) e Mestre em Musicologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rodrigo Toffolo imprimi na Orquestra uma visão ampliada de gestão e musicalidade, que ele gosta de conceituar como "excelência e versatilidade".

Serviço

Orquestra Ouro Preto e Alceu Valença: Valencianas

Data:17 de abril, quarta-feira

Horário: 20h30

Local: Centro Cultural Teatro Guaíra – Guairão (Rua XV de Novembro, 971, Centro – Curitiba/PR)

Atrações: Orquestra Ouro Preto e Alceu Valença

Ingressos:Plateia: R$ 100,00 (inteira), R$ 50,00 (meia entrada) e R$ 70,00 (funcionários e assegurados SulAmérica); 1º balcão: R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia) e R$ 42,00 (funcionários e assegurados SulAmérica); 2º balcão: R$ 40,00 (inteira), R$ 20,00 (meia) e R$ 28,00 (funcionários e assegurados SulAmérica)

Informações:www.orquestraouropreto.com.br

DESTAQUES DOS EDITORES