Publicidade

Para entidade, Bolsonaro dificulta trabalho da imprensa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A relação do presidente Jair Bolsonaro com a imprensa foi tema de reportagem do CPJ (Comitê de Proteção aos Jornalistas), organização internacional de defesa da liberdade de imprensa.

Para a entidade, o presidente torna mais difícil o trabalho de jornalistas, como quando cancelou uma entrevista coletiva durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, ou ao bloquear repórteres do site The Intercept Brasil, impedidos de acessar a conta oficial de Bolsonaro no Twitter.

Jornalistas ouvidos pelo CPJ relataram incerteza sobre como o estilo de comunicação do novo governo poderá afetar seu trabalho e até mesmo sua segurança pessoal.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias