Publicidade
Brasileirão

Paraná Clube muda o time, joga mal e empata com o Vasco

Paraná Clube muda o time, joga mal e empata com o Vasco
Paraná 1 x 1 Vasco, na Vila Capanema (Foto: Geraldo Bubniak)

O Paraná Clube empatou em 1 a 1 com o Vasco nessa segunda-feira (dia 1º) à noite, na Vila Capanema, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time paranaense ficou na lanterna, com 17 pontos. A equipe carioca está na 16ª colocação, com 30 pontos. Clique aqui para ver a classificação no site Srgoool

O jogo teve surpresas já no início. A escalação do Paraná tinha duas novidades: a estreia de Juninho, ex-Itabaiana, e a improvisação de Leandro Vilela na lateral-direita. O time tinha sete desfalques.

Dentro de campo, o desempenho do Paraná decepcionou. Levou sufoco do Vasco no primeiro tempo. Aos 11 do 2º tempo, o time carioca teve um jogador expulso. Mesmo assim, o time paranaense não conseguiu criar boas chances de gol. 

Após o apito final, a torcida do Paraná protestou e gritou "vergonha". 

FASES
O Paraná sustenta agora um jejum de 13 partidas sem vencer na competição. O técnico Claudinei Oliveira assumiu a equipe em 14 de agosto e não venceu até agora. Foram três empates e seis derrotas desde então.

O Vasco ainda não venceu fora de casa no Brasileirão – foram seis empates e sete derrotas longe de São Januário. É o quarto pior visitante do Brasileirão.

ESCALAÇÃO
No Paraná, os desfalques eram Júnior, Igor, Cléber Reis, Nadson e Maicosuel (lesionados), além de Renê Santos e Rayan, suspensos. Uma novidade foi o lateral Juninho, 23 anos, que veio do Itabaiana, e jogou improvisado como extremo (meia pelo lado do campo). Outra surpresa foi o volante Leandro Vilela improvisado como lateral. O esquema tático foi o 4-2-3-1. A linha de três tinha Deivid (direita), Silvinho (centro) e Juninho (esquerda). O time carioca também usou o 4-2-3-1.

PRIMEIRO TEMPO
O jogo começou com gol do Paraná, aos 8 minutos, em chute de fora da área de Alex Santana. Depois disso, o Vasco controlou a partida, com boa marcação no meio-campo e com qualidade nas trocas de passes pelo centro do campo. As tabelas entre Maxi López, Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Andrés Ríos eram as principais armas do time carioca. O Paraná ficou recuado, levou sufoco e pouco incomodou o adversário. O empate veio aos 49, em pênalti cometido por Deivid e convertido por Maxi López. No total da primeira etapa, além dos gols, foram cinco boas jogadas ofensivas do Vasco e duas do Paraná.
 
SEGUNDO TEMPO
Aos 10, Claudinei tirei Juninho e colocou Carlos. Aos 11, o Vasco ficou com um jogador a menos. Castán parou Ortigoza com falta por trás e foi expulso. O Paraná avançou e passou a pressionar. Aos 19, saiu Torito e entrou Caio Henrique. Aos 23, saiu o ponta Deivid e entrou o centroavante Grampola. O Vasco começou a contra-atacar e levou perigo em dois lances. 

ESTATÍSTICAS
Em 90 minutos, o Paraná somou 18 finalizações (3 certas), 41% de posse de bola, 77% de eficiência nos passes e 11 escanteios. O Vasco arrematou 14 vezes (4 certas) e teve 59% de posse de bola, 85% de eficiência nos passes e 4 escanteios. Os dados são do Whoscored. 

PARANÁ 1 x 1 VASCO
Paraná: Richard; Leandro Vilela, Jesiel, Charles e Mansur; Torito González (Caio Henrique) e Alex Santana; Deivid (Grampola), Silvinho e Juninho (Carlos); Ortigoza. Técnico: Claudinei Oliveira
Vasco: Martín Silva; Rafael Galhardo (Kelvin), Luiz Gustavo, Leandro Castán e Ramon; Bruno Cosendey (Thiago Galhardo) e Willian Maranhão; Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Andrés Ríos (Oswaldo Henríquez); Maxi López. Técnico: Alberto Valentim
Gols: Alex Santana (8-1º) e Maxi López (49-1º)
Expulsão: Leandro Castán (11-2º)
Cartões amarelos: Carlos (P). 
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Público: 3.210 pagantes
Local: Vila Capanema

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo

7 – Bola alta para a área. Ríos pega rebote e chuta. Charles bloqueia.
8 – Gol do Paraná. Alex Santana pega bola perdida no meio-campo e chuta de fora da área. A bola desvia em Castán e mata o goleiro.
17 – Giovanni Augusto cruza. Maxi López domina e toca para Ríos, na cara do gol. Vilela tira em cima da linha.
23 – Depois de escanteio, a bola sobra para Vilela, que chuta em cima da zaga.
24 – Juninho cobra escanteio. O goleiro tira mal. A bola sobra na cara do gol para Ortigoza. Ele chuta sobre o travessão.
32 – Boa troca de passes do Vasco. Maxi López faz o pivô e rola para Ríos chutar, na cara do gol. Richard salva.
35 – Pikachu para Giovanni para Maxi López. Ele gira e chuta da marca do pênalti. A bola passa perto, ao lado.
40 – Pikachu tromba em Mansur dentro da área e o Vasco pede pênalti. 
45 – Ramon invade a área e é derrubado por Deivid. Pênalti. 
49 – Gol do Vasco. Maxi López cobra à esquerda de Richard, que cai para a direita.

Segundo tempo
7 – Silvinho dá bom passe. Vilela recebe na ponta e chuta cruzado. A bola passa perto.
8 – Silvinho parte da ponta-esquerda, corta para dentro e solta a bomba. A bola passa perto.
9 – Giovanni enfia. Pikachu entra livre, nas costas da defesa. Richard sai bem e abafa.
10 – Depois de escanteio, Carlos pega rebote fora da área e chuta perto, ao lado do gol.
11 – Mansur lança. Ortigoza sai livre, nas costas de defesa. Castán comete a falta e é expulso.
30 – Kelvin inverte o jogo. Giovanni Augusto tenta do bico da área. A bola passa perto.
35 – Alex Santana chuta de longe. O goleiro espalma no canto.
38 – Escanteio. Charles cabeceia. O goleiro espalma.

DESTAQUES DOS EDITORES