Publicidade
Gestão

Paraná Clube pode ter futebol nas mãos de Sergio Malucelli, que vai deixar o Londrina

Sergio Malucelli
Sergio Malucelli (Foto: Gustavo Oliveira / Londrina)

O Paraná Clube pode ter o departamento de futebol administrado pela SM Sports, do empresário Sergio Malucelli. As conversas nesse sentido já teriam começado. Nesta terça-feira (10) de manhã, ele foi ao clube e já chegou a se reunir com o presidente do Paraná, Leonardo Oliveira. É certo que Malucelli, atual gestor do futebol do Londrina, vai deixar o clube do interior ao fim do Campeonato Paranaense de 2020.

Malucelli tem contrato com o Londrina até o fim de 2020. Em 2019, o clube foi rebaixado para a Série C. O empresário afirmou que a decisão de sair é definitiva, independente da queda. “Vou fazer o Paranaense e saio. Vou esperar o retorno do Felipe (Prochet, presidente do Londrina) e ver como fica essa situação”, disse ele, ao site Globoesporte. "Mesmo que o time fique na Série B ou na Série C, vou sair".

Pelo contrato, se Malucelli sair do Londrina antes do fim do vínculo, teria que arcar com uma multa rescisória de R$ 200 mil, além de pagar uma dívida de R$ 1,5 milhão.

Antes de assumir a gestão do Londrina, Sergio Malucelli foi gestor do Iraty, até 2010. Em 2011, assumiu o Londrina em 2011, levando para lá jogadores que estavam no Iraty. Com sua gestão, o Tubarão conseguiu o título estadual de 2014 e faturou a Copa da Primeira Liga, em 2017, diante de adversários como Cruzeiro, Fluminense e Atlético-MG. Além disso, o clube conseguiu subir da Série D para a C (em 2014) e da C para a B (em 2015). Neste ano, contudo, a gestão teve problemas internos e o time acabou rebaixado para a Série C.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES