Publicidade
Luto

Paraná decreta luto após morte de Cezar Silvestri, que vinha lutando contra a depressão

Ex-deputado e secretário de Estado foi encontrado morto no bairro Bigorrilho, em Curitiba, após cair do 22º andar de um prédio
Paraná decreta luto após morte de Cezar Silvestri, que vinha lutando contra a depressão
(Foto: Arquivo Bem Paraná)

O corpo do ex-secretario da Casa Civil do Paraná, Cezar Silvestri, será enterrado nesta segunda-feira (22 de outubro), às 11 horas da manhã, no cemitério municipal de Guarapuava, na região dos Campos Gerais do Paraná. O velório teve início na noite de ontem e se estendeu ao longo da manhã de hoje no saguão da prefeitura de Guarapuava, com a presenta de autoridades políticas, amigos e familiares.

Cezar Silvestri  tinha 64 anos e faleceu na madrugada de domingo após cair do 22º andar de um prédio. Seu corpo foi encontrado na Rua Martim Afonso, no bairro Bigorrilho, em Curitiba. O laudo preliminar do Instituto Médico Legal aponta que o ex-secretário morreu em decorrência da queda. No momento da tragédia, os familiares (filhos e esposa) estava no apartamento com Silvestri, que foi vice-prefeito de Guarapuava, deputado estadual e federal e a partir de 2011 participou da gestão do ex-governador Beto Richa (PSDB), no governo do Estado – como Secretario do Desenvolvimento Urbano, do governo e da Casa Civil. Além disso, também presidiu a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar). 

Dois dos parentes de Silvestri, inclusive, seguem carreira na política, mantendo o legado do patriarca. Ele é pai do atual prefeito de Guarapuava, Cezar Silvestri Filho, e marido da deputada estadual eleita Cristina Silvestri, do PPS. 

Luto de três dias

A governadora Cida Borghetti (PP) esteve presente no velório de Silvestri e decretou luto oficial de três dias em todo o estado. À imprensa, ela lamentou o ocorrido. "Hoje prestamos as últimas homenagens a um homem que dedicou sua vida a servir. Que ele possa descansar em paz e que deu permita a luz perpétua a essa pessoa carinhosa, querida, que com certeza vai deixar muita saudade", disse a governadora. "O Cezar já vinha há alguns meses em tratamento (por conta da depressão). Sempre foi uma pessoa sempre muito carinhosa, muito amigo, mas quando deixa esta vida para buscar o descanso eterno, os familiares e amigos sentem muito", comentou.

A Assembleia Legislativa do Paraná também decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do ex-deputado estadual Cezar Silvestri. A sessão plenária desta segunda-feira foi cancelada. O prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, também decretou luto oficial de três dias no município. Com isso, fica suspenso o expediente da administração direta e indireta na cidade. 

O governador eleito Ratinho Júnior (PSD) também participou do velório na manhã de hoje e comentou que era próximo de Silvestri por conta do período em que ambos trabalharam na Câmara dos Deputados e que conversaram pela última vez cerca de um mês antes de se iniciar o período eleitoral. "Tive contato com ele 30, 40 dias antes da eleição. Sempre foi uma pessoa muito calma, mas alguma coisa devia estar acontecendo para ter acontecido essa tragédia. Torcemos para que Deus conforte o coração de sua família", disse Ratinho.

DESTAQUES DOS EDITORES