Publicidade
Em Minas

Paraná marca golaço, empata aos 45 e avança na Copa do Brasil

Paraná marca golaço, empata aos 45 e avança na Copa do Brasil

O Paraná Clube empatou em 1 a 1 com o URT, nesta quinta-feira (dia 1º) à noite, em Patos de Minas, na partida única da primeira fase da Copa do Brasil 2018. Nessa primeira fase, a disputa ocorre em jogo único, sem decisão por pênaltis. Em caso de empate, a vaga fica com o visitante. Na segunda fase, o time paranaense vai enfrentar o Sampaio Corrêa-MA, que eliminou o Independente-PA.

Por jogar a primeira fase, o Paraná já recebeu a cota de R$ 880 mil. Ao eliminar o URT, ganhou mais R$ 950 mil.

Com o resultado, o Paraná segue sem vencer em 2018 – soma duas derrotas e dois empates no ano. O URT está invicto no Campeonato Mineiro, ostentando a terceira posição.

DESEMPENHO
O Paraná voltou a repetir os problemas das três partidas anteriores em 2018: muitos erros individuais com a bola e falta de movimentação no setor ofensivo. Sem a bola, a equipe tem demonstrado desempenho razoável, com poucas falhas. O URT apresentou muita organização tática e força física muito acima da média. No aspecto técnico, a equipe mineira foi irregular – teve qualidade em algumas jogadas, mas erros grotescos em outras. Clique aqui para ver uma análise do desempenho individual dos jogadores.

ESCALAÇÃO
O técnico Wagner Lopes não contava com o lateral-direito Junior, o meia Biteco, o goleiro Richard e o volante Jhony, todos lesionados. A surpresa foi Alex Santana no banco e o volante Wesley Dias (ex-Estoril-POR) como titular. Outra estreia foi o lateral-esquerdo Mansur, ex-Atlético-MG, Sport, Bahia e Vitória. O esquema tático era o 4-2-3-1, com Felipe Augusto e Zezinho no setor ofensivo, pelos lados do campo. João Paulo atuou como meia centralizado.

PRIMEIRO TEMPO
O jogo começou com gol do URT, já aos 4 minutos. Wesley Dias foi desarmado no meio-campo. A bola chegou até Macena, que fez o pivô e rolou para Ewerton Maradona chutar no ângulo, de fora da área: 1 a 0. O Paraná demorou para se adaptar ao gramado irregular e para reagir. Até conseguiu começar bem várias jogadas, mas terminou todas mal, com erros individuais preocupantes. Faltou precisão nos dribles, chutes, passes e cruzamentos. Apenas no aspecto defensivo o time paranaense conseguiu demonstrar alguma qualidade. Aos 42, Zé Carlos teve grande chance para empatar. Ele estava livre, na cara do gol, mas mandou para longe.

SEGUNDO TEMPO
O Paraná voltou melhor para a etapa final e criou três boas jogadas ofensivas nos primeiros minutos. Alemão perdeu um gol feito aos 9, quase na pequena área. O URT era perigoso nos contra-ataques.

SUBSTITUIÇÕES
A primeira troca no Paraná foi aos 4. Saiu o volante Leandro Vilela e entrou o versátil Gabriel Pires. Aos 16, saiu o armador João Paulo e entrou o ponta Lucas Fernandes. O esquema tático 4-2-3-1 foi mantido. Lucas Fernandes e Felipe Augusto ficaram abertos, pelos lados do campo. Gabriel Pires atuou como meia centralizado. Zezinho passou a jogar como volante. Aos 30, saiu o volante Wesley Dias e entrou o ponta Vitor Feijão. Com as trocas, o time paranaense aumentou a pressão, mas não conseguiu criar boas jogadas. Os poucos lances de perigo foram na base da força. O gol só veio aos 45. Alemão pegou rebote fora da área, após escanteio, e acertou o ângulo. Golaço. Aos 47, Zé Carlos perdeu outro gol feito, na cara do gol.

URT 1 x 1 PARANÁ
URT: Carlão; Carlinhos, Rodolfo, Victor Salinas e Ewerton Maradona (Dão); Douglas Maia e Jô; Bruninho (Thiago Pereira), Eduardo Ramos (Diogo Orlando) e Felipe Alves; Macena. Técnico: Rodrigo Santana
Paraná: Thiago Rodrigues; Alemão, Charles, Neris e Mansur; Leandro Vilela (Gabriel Pires) e Wesley Dias (Vitor Feijão); Felipe Augusto, João Paulo (Lucas Fernandes) e Zezinho; Zé Carlos. Técnico: Wagner Lopes
Gols: Everton Maradona (4-1º) e Alemão (45-2º)
Cartões amarelos: Bruninho, Douglas Maia (U). Leandro Vilela, Zé Carlos (P).
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Local: estádio Zama Maciel, em Patos de Minas (MG)

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
4 – Gol do URT. Macena faz o pivô e rola para Ewerton Maradona, que chuta forte, de fora da área, e acerta o ângulo.
28 – Mansur e João Paulo fazem boa jogada. A bola chega até Zezinho, na área. Ele demora para chutar e acaba desarmado.
39 – João Paulo enfia. Zé Carlos quase alcança. O goleiro segura.
42 – João Paulo coloca Zé Carlos na cara do gol. Ele chuta para longe e perde gol feito.
44 – Zezinho chuta de fora da área e manda sobre o gol.
45 – Zezinho cruza. Felipe Augusto domina na área e chuta. A zaga tira.

Segundo tempo
2 – Carlinhos cruza. Felipe Alves entra livre, mas cabeceia para fora.
8 – Zezinho chuta de longe e acerta o ângulo. O goleiro espalma.
9 – Escanteio. Zezinho cruza. Alemão domina livre e chuta para fora, perdendo gol feito.
11 – Contra-ataque. Bruninho enfia. Ewerton Maradona recebe na área e tenta encobrir o goleiro. A bola vai sobre o gol.
36 – Falta na direita. Gabriel Pires cruza. A bola quase entra direto e sai pela linha de fundo.
45 – Gol do Paraná. Depois de escanteio, Alemão pega rebote fora da área e acerta o ângulo.

 

Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES