Publicidade
Política em Debate

Pedágio

A governadora e pré-candidata à reeleição, Cida Borghetti (PP), iniciou, na noite da última terça-feira, em Cascavel a primeira rodada das audiências públicas para definir o novo modelo de pedágio no Paraná, a ser implantado a partir de 2021. No mês passado, o governo notificou as concessionárias que não haverá prorrogação dos atuais contratos. 

Modelo
“Estamos construindo esse novo modelo com a ajuda da sociedade paranaense”, diz Cida. “Defendo um pedágio com muito mais obras e tarifas, em média, 50 % mais baixas”, afirmou ela. “O valor do pedágio é alto, o modelo é bastante antigo e isso vem impactando na vida do cidadão paranaense e no bolso do produtor”, diz a governadora. 

Sabatina
A Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap) promove, amanhã, um encontro com os pré-candidatos ao governo do Estado. Com o tema “Futuro do Paraná”, o fórum contará, segundo a Faciap, com a presença dos pré-candidatos Cida Borghetti (PP), Dr. Rosinha (PT), Osmar Dias (PDT) e Ratinho Junior (PSD). A edição deste ano irá abordar temas importantes para os empresários paranaenses, como investimentos em infraestrutura, pedágio e rodovias administradas pelo poder público, crescimento econômico, desburocratização, carga tributária, entre outros. 

Mediação
Para o presidente da Faciap, Marco Tadeu Barbosa, é uma oportunidade de incentivar a participação do empresariado na construção de um Estado melhor.  “O empresariado paranaense se adianta nesta discussão porque a preocupação em criarmos as condições para um estado mais competitivo não é de agora. Queremos estar envolvidos nos debates em torno do controle de despesas da máquina pública e da criação de projetos de investimentos”, afirma. 

Multa
A governadora Cida Borghetti, o ex-governador Beto Richa (PSDB) e o diretório estadual do PSDB foram condenados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a pagar multas de R$ 50 mil cada por desobediência de uma decisão judicial que determinou a retirada de conteúdo considerado propaganda política do site da Copel nas eleições de 2014. O presidente da estatal à época, Lindolfo Zimmer, também foi condenado. Os recursos das defesas foram recusados pelo plenário da corte eleitoral no dia 22 de junho por unanimidade, mas a decisão ainda não foi publicada.

Conteúdo
O ministro relator do processo, Herman Benjamin, afirmou que a chapa não obedeceu à ordem de retirada do conteúdo e manteve a publicação online por 15 dias. A ação foi movida pela coligação da senadora Gleisi Hoffmann (PT), na época também candidata ao governo. De acordo com a ação que gerou o recurso, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) havia estabelecido a retirada da propaganda irregular, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil. 

No páreo
Três pré-candidatos disputam a indicação do PT paranaense para a eleição para o Senado. Além da ex-vice-prefeita de Curitiba, Mirian Gonçalves e o ex-deputado estadual Elton Welter, também entrou no páreo o vereador, Carlos Mariucci, que está no segundo  mandato. Atual presidente municipal do partido, Mariucci – que também é joalheiro e artista plástico -  tem sua formação humana e política ligada às pastorais de base da  Igreja Católica e é conhecido na cidade e região pelo seu forte e contínuo trabalho na área social. Mariucci é o nome defendido pela corrente Construindo um Novo Brasil, da qual fazem parte a senadora e presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann e o ex-presidente Lula. 

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES