Flagra

PM prende traficantes no 'drive-thru' da droga, zona sul de SP

 Três traficantes foram detidos por policiais militares da Força Tática do 12º Batalhão, por volta das 3 horas deste sábado (08) numa das travessas da Avenida Jornalista Roberto Marinho (antiga Água Espraiada), no limite entre os bairros do Brooklin e Campo Belo, na região que ficou conhecida pela comercialização de drogas no estilo "Drive-Thru", onde clientes, boa parte formada por motoristas, param seus veículos e, sem sair do carro, são abordados pelos traficantes, que surgem rapidamente de vielas e vendem o entorpecente.

Em patrulhamento pela Rua Estevão Baião, os PMs abordaram um suspeito que havia acabado de vender drogas para o ocupante de um veículo. Ao ser revistado e flagrado com droga e dinheiro, o traficante levou os policiais até uma das vielas, que dá acesso à Favela dos Porcos.

Numa das casas, havia sido montado o "almoxarifado" da quadrilha, os policiais detiveram um casal e aprenderam o restante do entorpecente. Foram apreendidos, no total, 431 papelotes de cocaína, 120 trouxinhas de maconha, 338 pedras de crack e R$ 114,00, valor adquirido com a venda de drogas. O trio foi encaminhado ao 27º Distrito Policial, do Campo Belo, onde, até as 5h45, ainda era ouvido pela polícia.

Em abril de 2006, a reportagem do "Jornal da Tarde" denunciou três drive-thrus que funcionavam na região: Palmares-Emboabas, Cristóvão Pereira e Buraco Quente. Na ocasião, após as imagens captadas e divulgadas pelo jornal, nas quais os clientes param seus veículos, compram e vão embora, a Polícia Militar chegou a divulgar alguns números. Segundo a PM, de janeiro a maio de 2009, o 12º Batalhão, responsável pelo policiamento na região, prendeu ou deteve 50 pessoas envolvidas em ocorrências de porte ou tráfico de drogas nas proximidades das favelas na Avenida Jornalista Roberto Marinho.

08/08/2009 11:19 - CN/GR/VIOLÊNCIA/SP/TRÁFICO

PM prende traficantes no 'drive-thru' da droga, zona sul de SP

Por Ricardo Valota

São Paulo, 08 (AE) - Três traficantes foram detidos por policiais militares da Força Tática do 12º Batalhão, por volta das 3 horas deste sábado (08) numa das travessas da Avenida Jornalista Roberto Marinho (antiga Água Espraiada), no limite entre os bairros do Brooklin e Campo Belo, na região que ficou conhecida pela comercialização de drogas no estilo "Drive-Thru", onde clientes, boa parte formada por motoristas, param seus veículos e, sem sair do carro, são abordados pelos traficantes, que surgem rapidamente de vielas e vendem o entorpecente.

Em patrulhamento pela Rua Estevão Baião, os PMs abordaram um suspeito que havia acabado de vender drogas para o ocupante de um veículo. Ao ser revistado e flagrado com droga e dinheiro, o traficante levou os policiais até uma das vielas, que dá acesso à Favela dos Porcos.

Num das casas, havia sido montado o "almoxarifado" da quadrilha, os policiais detiveram um casal e aprenderam o restante do entorpecente. Foram apreendidos, no total, 431 papelotes de cocaína, 120 trouxinhas de maconha, 338 pedras de crack e R$ 114,00, valor adquirido com a venda de drogas. O trio foi encaminhado ao 27º Distrito Policial, do Campo Belo, onde, até as 5h45, ainda era ouvido pela polícia.

Em abril de 2006, a reportagem do "Jornal da Tarde" denunciou três drive-thrus que funcionavam na região: Palmares-Emboabas, Cristóvão Pereira e Buraco Quente. Na ocasião, após as imagens captadas e divulgadas pelo jornal, nas quais os clientes param seus veículos, compram e vão embora, a Polícia Militar chegou a divulgar alguns números. Segundo a PM, de janeiro a maio de 2009, o 12º Batalhão, responsável pelo policiamento na região, prendeu ou deteve 50 pessoas envolvidas em ocorrências de porte ou tráfico de drogas nas proximidades das favelas na Avenida Jornalista Roberto Marinho.