Publicidade
Libertadores da América

Policiamento para o jogo entre Athletico e Boca Juniors será reforçado e terá identificação biométrica

(Foto: Arquivo/PMPR)

A Polícia Militar do Paraná reforçará o policiamento para a partida entre Athletico e Boca Juniors na noite de terça-feira (02/04), em Curitiba, na Capital do estado. Os bloqueios das vias no entorno da Arena da Baixada iniciam-se às 18h30 e terminam após a dispersão dos torcedores. Moradores terão acesso normal com seus veículos. Os torcedores também passarão por identificação biométrica na entrada do estádio. O policiamento geral, que também contempla outras regiões da cidade, inicia-se às 18h.

O policiamento referente à partida será coordenado pelo 13º Batalhão de Polícia Militar (13º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM). Em apoio, os outros batalhões da capital (12º, 13º, 20º e 23º, além do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e do Regimento de Polícia Montada (RPMON) participarão do esquema de segurança voltado ao evento esportivo, focando nos eixos com maior circulação de pessoas e nas proximidades dos terminais de ônibus.

Segundo o oficial de planejamento do 13º BPM e Coordenador do policiamento para a partida, major Sthefano Roberto Janata, está confirmado a presença de pelo menos 600 torcedores do Boca Juniors para o jogo, mas como é feriado na Argentina, é possível que essas pessoas venham mais cedo para a capital paranaense. “A nossa maior atenção estará voltada ao entorno do estádio, por isso já de manhã e de tarde as viaturas da Polícia Militar fizeram o policiamento preventivo e a partir das 18h30 será feito o bloqueio das vias para veículos”, diz o major.

“Nós também faremos o acompanhamento das delegações, o Athletico sairá do CT e o Boca Juniors de um Hotel no Centro da cidade, como as vias serão bloqueadas essa chegada até o estádio será muito mais tranquila”, disse o major. “Desde a semana passada estamos fazendo reuniões, e hoje mais uma; também estamos acompanhando as movimentações nas redes sociais para termos um panorama do que pode acontecer”, complementou.

Segundo o major, a dica para quem vai ao estádio com crianças é chegar cedo e sair assim que o jogo terminar. “Planejamos liberar primeiro a torcida do Athletico e 20 minutos depois a torcida do Boca Juniors, então o importante é manter a calma, torcer, se importar com o resultado e evitar briga e confusão”, disse.

A Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal farão abordagens a ônibus com torcedores que estão chegando pela BR 277. Os que estão vindo à Curitiba de carro ou avião vão para o estádio por meios próprios, direto, sem escoltas. Os torcedores do Athlético não terão escolta, tendo em vista que não foi solicitado o serviço. Entretanto, a PM fará o policiamento necessário.

BIOMETRIA - Todos os torcedores que chegarem à Arena passarão pela Biometria, projeto oriundo de um convênio entre Polícia Militar (por meio da Diretoria de Tecnologia da Polícia Militar – DDTQ), Athletico e Tribunal de Justiça (por meio da Vice Presidência).

O objetivo é identificar na entrada do estádio pessoas que estejam com mandados de prisão em aberto e/ou com restrição (ordem de distanciamento do estádio).

O serviço de biometria começa duas horas antes do jogo, com a abertura dos portões. Neste momento, as pessoas que compraram o ingresso, começam a passar pelas catracas e os que tiverem restrição ou mandados em aberto começam a ser identificados automaticamente.

Os dados e a biometria são coletados no momento da compra do ingresso. A partir disso, as informações vão para o Setor de Identificação, o qual faz um comparativo e aponta a condição do cidadão e devolve ao clube. Mais tarde, quando ele passar na catraca, será identificado.

PONTOS DE BLOQUEIO - Pontos de bloqueio de trânsito nas proximidades da Arena da Baixada:

Rua Engenheiro Rebouças com Rua Brigadeiro Franco;

Rua Brasílio Itiberê com Rua Brigadeiro Franco;

Rua Almirante Gonçalves com Rua Doutor Pedro Augusto Mena Barreto Monclaro;

Rua Me. Maria dos Anjos com Rua Baltazar Carrasco dos Reis;

Rua Coronel Dulcídio com Rua Baltazar Carrasco dos Reis;

Rua Brasílio Itiberê com Rua Alferes Ângelo Sampaio;

Rua Petit Carneiro com Rua Alferes Ângelo Sampaio;

Rua Coronel Dulcídio com Avenida Getúlio Vargas;

Rua Buenos Aires com Avenida Getúlio Vargas

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES