Publicidade
Chuvas

Prefeitura de Curitiba está em alerta por conta da previsão de tempestades

Prefeitura de Curitiba está em alerta por conta da previsão de tempestades

As equipes da Prefeitura estão em alerta, por conta da previsão do Simepar para a madrugada de domingo (1/10) para segunda-feira (2/10), com tempestades com ventos fortes, que podem vir acompanhados de granizo.

Saiba como se proteger em caso de tempestade com raios

Simepar alerta para temporais e granizo no Paraná nesse domingo

Segundo o Simepar, além de pontos de alagamento, poderão ocorrer destelhamentos, quedas de árvores e objetos nas vias públicas e imóveis. Por isso, as Administrações Regionais do município estão se preparando com planos de contigência. A FAS realiza trabalho de encaminhamento de pessoas em situação de rua a locais seguros. A Setran mantém as equipes a postos em caso de necessidade de desvios de rotas e controle emergencial do trânsito. A Guarda Municipal está com as equipes em alerta para auxílio à população, assim como a Defesa Social e Defesa Civil se houver necessidade de mobilização.

Planejamento

Com a chegada da primavera, chuvas de grande intensidade podem atingir Curitiba e região metropolitana. Para traçar estratégias de prevenção e definir planos de contingência para minimizar possíveis desastres naturais, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil reuniu, na última quinta-feira (28), os administradores regionais de Curitiba, que são os responsáveis pelas comissões regionalizadas de Defesa Civil na cidade.

As ações de caráter preventivo e educativo, que integram o trabalho técnico desenvolvido pela Defesa Civil, são imprescindíveis para garantir o bem-estar da população em situações-limite, disse o secretário municipal de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Foi indicado o protocolo a ser adotado em atendimento às emergências e discutida a atualização dos planos de contingência. Curitiba entra em estado de atenção em virtude das chuvas intensas previstas para os próximos dias. As ações de prevenção e de preparação nada mais são do que uma mudança de comportamento, disse o coordenador técnico de Proteção e Defesa Civil municipal, Nelson Ribeiro.

De acordo com ele, Curitiba é referência para outras cidades da região pelo sistema de proteção e Defesa Civil. Pela organização e experiência, Curitiba destaca-se nesse cenário, acrescentou.

Dicas

Inundações repentinas, bruscas ou enxurradas podem ocorrer após uma grande quantidade de chuva em um período curto de tempo. Para evitar inundações, a Defesa Civil orienta para a limpeza do telhado e canaletas de água para evitar entupimentos e para não colocar material de construção (areia, pedra) na rua e na calçada, pois pode ser levado pela enxurrada e obstruir a tubulação devido ao acúmulo.

O cidadão deve avisar imediatamente a Defesa Civil (199) ou o Corpo de Bombeiros (193) sobre áreas afetadas por inundação. Ao verificar riscos de alagamentos, a orientação é proteger a vida e, se precisar retirar algo de casa, pedir ajuda das autoridades competentes. Outra dica é desconectar os aparelhos elétricos da corrente elétrica para evitar curtos circuitos nas tomadas.

Confira todas as dicas da Defesa Civil em http://www.defesacivil.curitiba.pr.gov.br/Dicas/Dicas005.aspx

DESTAQUES DOS EDITORES