Publicidade
Rescaldo

Prefeitura reforça rescaldo de limpeza nas áreas atingidas pela cheia de sábado

Prefeitura reforça rescaldo de limpeza nas áreas atingidas pela cheia de sábado

A Prefeitura reforçou, desde o domingo, o trabalho de manutenção da estrutura de drenagem e limpeza de entulhos que se acumularam após a chuva de sábado, quando a precipitação registrada em poucas horas foi metade da prevista para todo o mês de março.

O trabalho de rescaldo é importante para restituir as condições da área atingida e também para manter a efetividade do sistema de drenagem.

Regional mais atingida, a CIC recebeu reforço, com deslocamento de parte das 37 equipes (cerca de 235 pessoas) que atuam no município – trabalho que também está sendo desenvolvido nas outras áreas atingidas. Além disso, dois dos quatro caminhões de hidrojato (para sucção de lama e rejeitos) estão à serviço da regional CIC.

Após chuvas fortes, é normal que se acumulem galhos, lixo e lama nos bueiros e caixas de captação (que ficam no subsolo das ruas). Se essas estruturas não são limpas, a água não escoa da maneira devida na precipitação seguinte, o que facilita a ocorrência de novos alagamentos, explica o engenheiro Luciano Canto, superintendente de Manutenção Urbana do município.

Esse trabalho é feito no sistema chamado de microdrenagem, que é aquele que faz parte das ruas e conduz as águas da chuva. Também há a estrutura de macrodrenagem, que é o sistema de rios que recebe as águas escoadas pela microdrenagem – e no qual a Prefeitura também está realizando uma série de obras fundamentais para diminuir os efeitos das chuvas na cidade .

Limpeza geral
A limpeza de rescaldo está sendo feita também em outras frentes. A secretaria de Meio Ambiente, por exemplo, colocou 50 caminhões para recolher entulhos das beiras de rios e das ruas, que estão trabalhando em ritmo de emergência. Eles recolhem mobiliário danificado pela chuva e despojado pelo moradores, além de galhos e lixo carregado pelas águas.

Este trabalho está concentrado na CIC, Fazendinha, Parolin, Boa Vista e Tatuquara, principalmente.

De acordo com o diretor de Limpeza Pública da secretaria, Júlio Rodas, a prefeitura negociou com o aterro de lixo Essencis, que fica na CIC, a ampliação do horário para recebimento dos entulhos, de forma a dar vazão ao volume recolhido.

Dessa forma, a região atingida pela cheia fica em melhores condições para os moradores e transeuntes.

Além disso, 25 equipes da secretaria de Obras Públicas estão trabalhado na reconstrução de pontes e passarelas e também desobstrução de tubulações em rios, canais e córregos afetadas pela cheia.

DESTAQUES DOS EDITORES