Publicidade
Caça ao mosquito

Prefeituras da Região Metropolitana e do Litoral reforçam ações contra a dengue

Paranaguá teme nova epidemia, Pinhais faz campanha e São José dos Pinhais caminhada
Prefeituras da Região Metropolitana e do Litoral reforçam ações contra a dengue
Prefeitura de Pinhais pede atenção da população (Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Pinhais, por meio do Departamento de Vigilância Ambiental, da Secretaria Municipal de Saúde, alerta sobre os cuidados a serem tomados nesta mudança de estação. Junto com as altas temperaturas e chuva há o aumento da proliferação do mosquito Aedes aegypti. O inseto é transmissor da dengue, da zika e da chikungunya, doenças que debilitam, podem deixar sequelas graves e até matar. O alerta foi feito ontem, no portal da Prefeitura.
Outra que também está em atenção para o mosquito da dengue é Paranaguá. Foi com preocupação que a Secretaria Municipal de Saúde e Prevenção (Semsap) recebeu recentemente relatório da equipe que faz o monitoramento do Aedes aegypti em Paranaguá. Dados levantados nas últimas semanas apontam alto grau de infestação.  “A proliferação do Aedes ainda preocupa. Continuamos sob o risco iminente de uma nova epidemia”, alerta a secretária municipal de Saúde interina, Lígia Regina de Campos. 
Em São José dos Pinhais, técnicos do Departamento de Promoção e Vigilância em Saúde promoveram uma Caminhada de Sensibilização em parceria com os alunos do ensino médio no bairro Borda do Campo no dia 19 de setembro.
Boletim
Até o dia 2 de outubro a Secretaria de Estado da Saúde confirmava 22 casos de dengue no novo ano epidemiológico no Paraná iniciado em agosto. Deste total, 17 são autóctones, contraídos no Estado.

 

DESTAQUES DOS EDITORES