Publicidade
São José dos Pinhais

Presos se amotinam por transferência de cadeia lotada

Presos na cadeia da Delegacia de São José dos Pinhais fizeram uma rebelião na tarde de segunda-feira (10). Eles fizeram dois outros presos como reféns e exigiam a transferência de presos do local que, segundo informações extra-oficiais, tinha 36 pessoas para uma capacidade de apenas quatro. A Companhia de Choque e o Bope acompanharam a rebelião, isolando a área da delegacia e iniciando as negociações.

Os presos decidiram encerrar o motim assim que a Vara de Execuções Penais do Paraná aceitou o pedido dos amotinados de promover a transferência de 30 presos para o sistema carcerário do Estado. Segundo a Secretaria de Segurança, não houve feridos no motim, nem depredações nas instalações da cadeia.

Na semana passada, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) divulgou um estudo que mostra que um terço dos 29 mil presos do Estado estão amontoados nas 174 cadeias e carceragens de delegacias, em condições insalubres e degradantes.

O levantamento servirá de base para auditoria integrada que o TCE-PR fará no sistema a partir de agora, dentro de seu Plano Anual de Fiscalização (PAF) de 2017. O prazo de conclusão do trabalho é de seis meses.

O trabalho do TCE também seria encaminhado ao governo do Estado e à Secretaria de Estado de Segurança Público e Admistração Penitenciária para que providências fossem tomadas.

DESTAQUES DOS EDITORES