Psaki: queda nos pedidos de auxílio mostra tendência de melhora no emprego

A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta quinta-feira, 20, que a queda nos pedidos de auxílio-desemprego dos Estados Unidos mostra uma "tendência clara" de melhora no mercado de trabalho do país.

Na semana encerrada em 15 de maio, as solicitações recuaram 34 mil, a 444 mil, segundo dados com ajustes sazonais publicados pelo Departamento do Trabalho americano. Durante uma coletiva de imprensa, Psaki afirmou que essa melhora no emprego reflete a visão do presidente Joe Biden sobre economia, de promover o crescimento da atividade "de baixo para cima".

Ao ser questionada sobre o avanço nas tratativas para a retomada do acordo nuclear entre o Irã e países desenvolvidos, a porta-voz afirmou que os EUA "continuam engajados" nas discussões, mas não deu detalhes.

A assessora também disse que o Nord Stream 2 é um projeto geopolítico russo que "ameaça" a segurança energética europeia. Ontem, os EUA renunciaram às sanções contra embarcações, indivíduos e entidades envolvidos na construção do gasoduto, que liga a Alemanha à Rússia.