Publicidade

Reforma da Previdência prevê 'pedágio' de 50% para quem está a dois anos de se aposentar

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A proposta de reforma da Previdência apresentada pela equipe do presidente Jair Bolsonaro (PSL) prevê uma regra de transição para quem está a dois anos de cumprir o tempo de contribuição mínimo para aposentadorias -30 anos, se mulher, e 35 anos, se homem.

Essas pessoas poderão optar pela aposentadoria sem a exigência de idade mínima, como é atualmente.

Mas terão que um "pedágio" de 50% sobre o tempo que falta para se aposentar.

Por exemplo: uma mulher com 29 de contribuição poderá se aposentar pelo fator previdenciário se contribuir por mais um ano e meio.

DESTAQUES DOS EDITORES