Romulo Estrela encarna' bon vivant' em 'Bom Sucesso' e compara personagem a Peter Pan

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O ator Romulo Estrela, 35, está prestes a encarnar Peter Pan na TV. Mas calma, não é exatamente o personagem de roupa verde e chapéu que se recusa a crescer na famosa fábula do escritor J. M. Barrie, de 1911. O papel serve de referência para ele dar vida a Marcos, um cara que gosta da natureza e de curtir a vida na próxima novela das 19h da Globo, "Bom Sucesso".

"Estou muito feliz de fazer algo solar, contemporâneo, personagem mais solto, mais leve. De cara me empolgou. Quando soube que teríamos na trama esse universo da literatura, eu revisitei alguns clássicos. De cara me foi apresentado o Marcos como um Peter Pan, um cara que quer viver a vida e os sonhos", afirma o ator, que em 2018 interpretou o rei Afonso, de "Deus Salve o Rei" (Globo).

Para compor tal papel, ele revela que teve de ler muito, de Dom Quixote a Alice no País das Maravilhas. Aliás, o relacionamento entre seu personagem e a protagonista da trama, Paloma (Grazi Massafera), será regado a muitas referências a obras literárias. 

"Ela o chama de Peter Pan, e ele a chama de Alice. Tem muita coisa que o público vai ver e vamos colocar na forma de citações dos clássicos", diz Estrela, ao destacar que a novela, por consequência, tentará incentivar o hábito de leitura do telespectador. "A gente lê pouco, tocar nesse tema é importante."

Na trama de Rosane Svartman e Paulo Halm, Marcos é filho de Alberto (Antonio Fagundes), dono de uma editora. Enquanto a irmã Nana (Fabíula Nascimento) se desdobra para administrar os negócios do pai, ele abandona tudo e abre um bar em Búzios, no litoral do Rio de Janeiro.

"Todos os personagens dessa nova novela são muito reais. Marcos você acha aos montes. Aquele cara de cidade praiana que não se dá bem com o pai, é um cara real. Tenho alguns amigos que são assim. A gente pensa o tempo todo em possuir, comprar, e esse cara decidiu que precisa de pouco para viver. Ele resolve deixar a casa do pai e viver na Terra do Nunca, onde tudo é possível", diz o ator.

Além da imersão na literatura, Estrela foi buscar em meio à natureza mais inspirações. "A preparação que faço é estar na água, no mar, na praia. É como se Marcos tomasse diariamente pílulas da natureza. Ele precisa estar na natureza, no vento, na areia", reforça o ator, que encara seu segundo protagonista. 

No folhetim, Marcos disputará o amor de Paloma com o ex-marido Ramon (David Junior), que retorna ao Brasil após ficar 16 anos morando nos Estados Unidos, onde se tornou jogador de basquete profissional. O ator afirma que seu personagem em "Bom Sucesso" é o projeto de sua vida.

"Sou suburbano, de Nova Iguaçu, e ter um personagem assim é bacana. Tinha muita vontade de representar a vivência que tive e transportar para a tela, porque vivi isso a minha vida toda [dificuldades em local carente]. Sem dúvidas é o meu maior desafio."