Publicidade
Temporada

Roubos e furtos têm queda no Litoral do Paraná, diz a Polícia Militar

Representantes de secretarias e órgãos do Governo do Estado envolvidos na Operação Verão 2018/2019 apresentaram ontem um balanço dos números registrados entre os dias 21 de dezembro e 4 de janeiro. Entre os principais dados, as abordagens da Polícia Militar aumentaram 120% em relação à temporada passada, o número de roubos caiu 44,72% e o de furtos 7,05%.

Segundo a PM, o número de pessoas abordadas aumentou de 3.439 no mesmo período da temporada passada para 7.592 (aumento de 120,7%). O número de roubos caiu de 76 para 42 e o de furtos de 156 para 145. Nesta temporada, 656 pessoas foram encaminhadas às delegacias, um aumento de 47,7% em relação ao ano passado. As equipes também lavraram 667 Termos Circunstanciados de Infração Penal, um crescimento de 12,4% em relação ao registrado no ano anterior.

O coordenador da Polícia Civil, Miguel Stadler, informou que o número de prisões em flagrantes aumentou 8% quando comparado à temporada passada, chegando a 114 até o dia 4 de janeiro. Também houve aumento de 63% em número de pessoas conduzidas à Polícia, bem como o aumento de 63% de prisões efetivamente realizadas.

O Corpo de Bombeiros fez 25.747 orientações e 16.896 advertências. Os profissionais do CB foram responsáveis pela distribuição de 13 mil pulseirinhas. Eles atenderam 691 incidentes com água-viva e localizaram 445 perdidas.

Quem viaja precisa deixar a casa segura; veja dicas
Durante as férias são registradas várias ocorrências de roubos e danos residenciais devido à ausência dos proprietários do imóvel. Confira algumas orientações do Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado do Paraná (Sindesp-PR) para manter a segurança de suas casas. De acordo com o diretor de segurança pessoal do Sindesp-PR, Luis Carlos Batista Ribas, as empresas de segurança oferecem um serviço mais adequado. “O monitoramento é realizado através de profissionais certificados pela Polícia Federal, o que ajuda muito na proteção e na busca de soluções efetivas”, explicou.

Veja algumas dicas do Sindesp-PR
- Mantenha contato com os vizinhos, informando o período que estará ausente
- Tranque bem a casa, inclusive os cômodos internos
- Deixe alguém encarregado de retirar as correspondências, para que não acumulem no quintal
- Evite deixar luzes acesas durante o dia
- Uma medida importante é certificar que, caso uma empresa de segurança seja contratada, esteja com inscrição regular e preparada para o serviço que está oferecendo

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES