Publicidade
Ônibus

Salário de motorista em Curitiba vai para R$ 2.465,76 e cobrador R$ 1.396,77

Assembleia de motoristas e cobradores realizada em abril
Assembleia de motoristas e cobradores realizada em abril (Foto: Reprodução/Sindimoc)

O Setransp (Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana) e o Sindimoc (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana) assinaram, no dia 17 deste mês, a Convenção Coletiva de Trabalho 2019-2020. O registro oficial, porém, só saiu nesta quarta-feira (22). O documento abrange tão-somente o transporte coletivo de Curitiba.

O reajuste foi de 3,56%. Portanto, para motorista, o piso salarial passou de R$ 2.380,81 para R$ 2.465,76, e para cobrador, de R$ 1.348,65 para R$ 1.396,77. Já o cartão-alimentação teve alta de 5%, de R$ 600 para R$ 630. A diferença entre o antigo e o novo valor será paga retroativamente à data-base da categoria (1º de fevereiro).

O Fundo Assistencial – pago ao Sindimoc no percentual de 3% do piso salarial vigente em relação a cada motorista e cobrador – será extinto definitivamente com o pagamento dos valores relativos ao mês de junho (30/6/19).

DESTAQUES DOS EDITORES