Anticovid

Segunda dose, reforço e vacinação de crianças. Veja quem é convocado para imunização nesta semana em Curitiba

(Foto: Pedro Ribas/SMCS)

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba divulgou o cronograma para aplicação da segunda dose, antecipação do reforço e para a vacinaçãode crianças contra covid-19 entre os dias 24 e 28 de janeiro. Veja a seguir:

Os vacinados com Pfizer convocados para receber a segunda dose nesta semana são pessoas que terão a aplicação antecipada, essa mudança segue a nova recomendação da Secretaria Estadual da Saúde do Paraná para o intervalo de 21 dias entre as doses.

Segundo estimativas, 2.424 são esperadas para receber a segunda dose e outras 98.033 para receber a dose de reforço (confira o cronograma abaixo).

Segunda dose
Os novos convocados para completar o ciclo vacinal primário foram vacinados com a primeira dose de Pfizer e da Coronavac entre os dias 3 e 7 de janeiro durante a repescagem contínua. Parte do grupo, os vacinados com Pfizer, são pessoas que terão a segunda dose antecipada, atendendo a redução do intervalo.

Os convocados para antecipar a segunda dose terão a data na vacina alterada na carteirinha digital e também receberão mensagem de lembrete pelo aplicativo Saúde Já Curitiba.

Dose de reforço
O novo grupo de moradores de Curitiba convocado para receber a dose de reforço anticovid antecipada na próxima semana é de pessoas vacinadas com a segunda dose entre 15 e 22 de setembro.

A SMS orienta para que a população consulte o aplicativo Saúde Já, os convocados para a antecipação receberão uma mensagem de alerta pelo aplicativo informando a data da aplicação.

Diferente da segunda dose, a data para a dose de reforço não consta na aba “próximas vacinas” da carteira digital, pois trata-se de uma dose extra, além do calendário primário.

Repescagem
Quem não puder comparecer na data, tanto para a aplicação da segunda dose como para a dose de reforço pode buscar os pontos de vacinação em outro dia. A SMS tem mantido a repescagem continua para a vacinação contra a covid da população acima de 12 anos.

Onde tem vacina
Os locais de vacinação podem sofrer alterações de acordo com o público estimado para receber vacina a cada dia. Antes de procurar uma unidade, confira as que farão a aplicação no site Imuniza Já.

Orientação para receber a segunda dose e o reforço
Para receber a dose de reforço, basta procurar um dos pontos de vacinação da cidade, das 8h às 17h, e levar um documento de identificação com foto e CPF.

Cronograma para a segunda dose
Segunda-feira (24/1)
• Pfizer e Coronavac: vacinados com primeira dose 3 de janeiro;

Terça-feira (25/1)
• Pfizer e Coronavac: vacinados com primeira dose em 4 de janeiro;

Quarta-feira (26/1)
• Pfizer e Coronavac: vacinados com primeira dose em 5 de janeiro;

Quinta-feira (27/1)
• Pfizer e Coronavac: vacinados com primeira dose em 6 de janeiro;

Sexta-feira (28/1)
• Pfizer e Coronavac: vacinados com primeira dose em 7 de janeiro.

Cronograma para a dose de reforço
Segunda-feira (24/1)
• Todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 15 de setembro;

Terça-feira (25/1)
• Todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 19 de setembro;

Quarta-feira (26/1)
• Todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 20 de setembro;

Quinta-feira (27/1)
• Todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 21 de setembro;

Sexta-feira (28/1)
Todos com 18 anos ou mais vacinados com a segunda dose até 22 de setembro.

Crianças

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba vai ampliar a vacinação contra a covid-19 e convoca todas as crianças nascidas em 2011 para receber a primeira dose na próxima segunda-feira (24/1).

O atendimento para as crianças seguirá em dez Unidades de Saúde exclusivas, das 8 às 17 horas. Confira os endereços no site Imuniza Já na aba “Locais de vacinação”.

Também poderão receber a primeira aplicação as crianças que já foram convocadas e não puderam comparecer na data.

O novo público será vacinado com imunizantes remanescentes do último lote. A ampliação para demais faixas etárias depende da avaliação de estoque ou da chegada de nova remessa de imunizantes pediátricos.

Orientação para a vacinação
A SMS orienta para que os responsáveis façam o cadastro prévio da criança no Aplicativo Saúde Já, essa ação agiliza o fluxo da vacinação. Crianças acompanhadas pelo SUS de Curitiba já estão cadastradas.

No dia da vacinação é necessário que a criança esteja acompanhada de um familiar ou responsável para a assinatura do termo de consentimento.

Também deverá ser apresentado documento de identificação e CPF da criança, documento de identificação com foto e comprovante de residência em nome do responsável pela criança.

As orientações detalhadas e a relação das comorbidades pode ser conferida no “Pequeno Manual para vacinação das crianças de 5 a 11 anos em Curitiba”.

Crianças acamadas
Equipes de vacinadores continuam realizando em paralelo a vacinação das crianças acamadas, mediante agendamento. As crianças acamadas em leitos atendidas pelo SUS Curitibano terão sua dose agendada a partir de um contato telefônico das equipes da SMS.

Aquelas que são atendidas pela rede privada devem fazer o cadastro, disponível desde o dia 13 de janeiro, via Aplicativo Saúde Já Curitiba – é necessário atualizar a versão do aplicativo nas lojas virtuais para plataformas Android ou iOS – ou pelo site.

Após baixar a atualização nas lojas de aplicativos para Android ou iOS – ou pelo site https://saudeja.curitiba.pr.gov.br/ , a pessoa deve escolher a opção “Paciente Acamado”.

Recomendações
A vacina contra a covid-19 para crianças não deve ser aplicada de forma simultânea com imunizantes para outras doenças, a recomendação é que seja dado um intervalo de 15 dias.

Crianças que testaram positivo para a doença também devem aguardar os intervalos para receber o imunizante, que nesse caso é de 30 dias após a data de início dos sintomas.

Cronograma de vacinação das crianças
• 24/1 (segunda-feira) – Todas as crianças nascidas em 2011

Imunossuprimidos 

Um novo grupo de pessoas com imunossupressão poderá receber a aplicação da quarta dose da vacina contra a covid-19 nesta  semana. São aqueles que já completaram quatro meses de intervalo após terem recebido a dose de reforço. A medida faz parte da norma técnica do Ministério da Saúde.

Segundo estimativa da Secretaria Municipal da Saúde, 1.484 estarão elegíveis para receber a dose extra na próxima semana. São pessoas imunocomprometidas com 18 anos ou mais que receberam a terceira dose entre 25 e 30 de setembro. Veja o cronograma abaixo.

Poderão receber a dose extra pessoas que fazem quimioterapia para câncer, pacientes em hemodiálise, pessoas com imunodeficiência primária grave, HIV ou Aids e transplantados.

De acordo com o Ministério da Saúde, essa segunda dose de reforço amplia a resposta imunológica, oferecendo maior proteção, especialmente para a população imunossuprimida, que pode já não apresentar uma resposta vacinal adequada.

Convocação
Os elegíveis para receber a quarta dose de imunizante contra a covid-19 serão convocados pelo aplicativo Saúde Já, receberão uma mensagem de alerta pelo aplicativo informando o direto a dose extra e a data da aplicação.

Quem não puder comparecer na data da convocação poderá buscar os pontos de vacinação para receber a vacina na repescagem contínua.

Orientação
A recomendação do ministério é que para a dose extra deverá ser utilizada preferencialmente a vacina da Pfizer, de tecnologia de RNA mensageiro. De maneira alternativa, poderá ser aplicada vacina de vetor viral, da Janssen ou AstraZeneca.

Para receber a quarta dose, basta procurar um dos pontos de vacinação da cidade, das 8h às 17h, e levar um documento de identificação com foto, CPF e apresentar a convocação.

Onde tem vacina
Os locais de vacinação podem sofrer alterações de acordo com o público estimado para receber vacina a cada dia. Antes de procurar uma unidade, confira as que farão a aplicação no site Imuniza Já.

Cronograma para a quarta dose
• Segunda-feira, 24 de janeiro: imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 25 de setembro;
• Terça-feira, 25 de janeiro: imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 27 de setembro
• Quarta-feira, 26 de janeiro: imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço dose até 28 de setembro
• Quinta-feira, 27 de janeiro: imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 29 de setembro
• Sexta-feira, 28 de janeiro: imunossuprimidos com 18 anos ou mais vacinados com o reforço até 30 de setembro.