Publicidade

Seis cuidados ao passear com o cachorro em dias quentes

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Passear é importante para o cachorro, e a rotina deve ser mantida mesmo nos dias mais quentes do verão. Mas é preciso tomar alguns cuidados para manter o bem-estar do animal, como checar a temperatura do solo e oferecer água fresca durante o trajeto.

“Cachorros são animais que precisam interagir com o mundo e isso é algo que eles só conseguem quando saem do quintal espaçoso ou do ambiente doméstico: é preciso ir pra rua”, afirma Amanda Peres, veterinária da DogHero.

Sem atividades, os pets podem se tornar ansiosos e até ter comportamentos destrutivos. Confira a baixo cuidados ao passear com o cachorro sob altas temperaturas, segundo o aplicativo, que conecta tutores a anfitriões e passeadores:

– Horários: faça o passeio em horários quando a temperatura não está tão alta e a incidência do sol é menor, preferencialmente antes das 10h e após as 17h. Assim, você evita que eles fiquem muito cansados, ofegantes e que queimem as patinhas. Mas atenção: mesmo em dias nublados, o mormaço pode deixar o chão com a temperatura alta;

– Rotina: é preciso adaptar, mas manter a frequência de passeios no verão;

– Temperatura do chão: antes de sair com o cachorro faça o teste com o seu pé descalço ou com a palma da sua mão. Se você não aguentar o contato por mais do que dez segundos, é provável que seu cãozinho também não aguente. Nesse caso, adie a saída e escolha outro horário;

– Opte pela grama: para evitar queimadura nos coxins (as almofadinhas das patas), prefira o passeio na grama. É mais fresca que o asfalto e mais divertida

– De olho no trajeto: mesmo que o caminho seja conhecido, fique atento a qualquer movimento diferente do animal. Ele pode cortar a patinha com algum objeto, colocar na boca algo que não deve e até se machucar caso se aproxime de animais mais nervosos;

– Hidratação: leve e ofereça água fresca ao pet durante o passeio, mesmo que ele não aparente ter sede.

DESTAQUES DOS EDITORES