Publicidade
Cotidiano

Seis pessoas morrem em queda de helicóptero em Campos do Jordão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Seis pessoas morreram após um helicóptero cair neste sábado (24) em Campos de Jordão (SP). O acidente ocorreu em área de mata fechada, perto do Pico de Itapeva, na serra da Mantiqueira.

Segundo o laboratório Cristália, dono da aeronave, o helicóptero saiu de Itapira (SP) com destino a Campos do Jordão, por volta das 10h de sábado. A chegada estava prevista para 11h, quando a aeronave perdeu o contato.

Estavam no helicóptero a acionista e vice-presidente do conselho do laboratório Cristália, Kátia Stevanatto Sampaio, e seu marido Paulo Sampaio, além do marceneiro Ronoel Sholl e a arquiteta Leticia Telles, segundo nota divulgada pela empresa. O helicóptero era pilotado por Antonio Landi Neto e Juliano Martins Perizato, ainda de acordo com o laboratório.

A empresa afirma que foi comunicada pela Força Aérea Brasileira de Curitiba de que não há sobreviventes.

Cinco equipes dos bombeiros se deslocaram para o local no início da noite para realizar o resgate dos corpos.

Os bombeiros realizavam buscas pelo helicóptero desde a tarde. Um helicóptero Águia foi usado para sobrevoar o local, mas precisou voltar para a base pela chuva e neblina.

"O Laboratório Cristália lamenta profundamente a perda irreparável que este acidente causou", afirmou a empresa, em nota.

DESTAQUES DOS EDITORES