Comportamento

Será que você precisa mesmo de uma melhor versão?

Muito se fala sobre nos tornarmos a nossa melhor versão. Eu mesma já falei isso por aqui, só que me peguei pensando sobre que versão seria essa, segundo quem e pra que ter uma melhor versão?

Afinal, não há um jeito certo de ser, se vestir ou se portar. O melhor, é encontrar o seu, e ele será válido e suficiente para que você se ame, se torne plena e mais feliz. Só que o discurso requer prática e o processo passa, obrigatoriamente, pelo autoconhecimento.

Responda, por exemplo, para quem é que você se arruma? Sinceramente, você costuma colocar uma roupa bonita, arrumar os cabelos ou passar perfume só para se agradar ou precisa de um agente externo motivador ou validador?

Não tem problema nenhum em querer ser admirada, desde que, antes de qualquer coisa, você se admire. Nem sempre é fácil, mas é preciso tentar, até virar hábito. E é aí, em sua companhia, que você vai descobrindo do que gosta, as cores que deixam você mais feliz e não aquelas da paleta-padrão, as roupas que você sente que lhe caem bem e não as da tendência, seu estilo e sua beleza - reais e intransferíveis.

Sobre a melhor versão, acho que é a mais confortável para o momento. Não é preciso se superar sempre. Por vezes é bom aquietar e se desprender das expectativas.

Fotos: Pinterest/Reprodução

Ela parece preocupada se você gosta ou não do look dela? Não né? E isso é o mais legal

 

Misturar estilos também é uma forma de exercitar a sua personalidade

Despojar-se de excessos e assumir o conforto é uma escolha sábia

 

São os excessos que a representam? Então renda-se a eles

 

Sua melhor versão vem de dentro pra fora e a roupa pode ser só sua diversão