Publicidade
Goiás x Coritiba

Sete jogadores do Coritiba dividem o título de pior em campo

Sete jogadores do Coritiba dividem o título de pior em campo

O Coritiba perdeu por 1 a 0 para o Goiás, nessa quarta-feira à noite, em Goiânia, pela terceira fase da Copa do Brasil. Veja abaixo uma análise do desempenho individual dos jogadores do Coxa:


Wilson (7,0)
Fez cinco defesas – mas nenhuma de alto grau de dificuldade. Seguro.

César Benítez (5,0)
Duas faltas desnecessárias. Alguns errinhos. Quase não apoiou.

Thalisson Kelven (5,5)
Seguro em vários lances, mas sucumbiu após um longo bombardeio do adversário.

Romércio (5,5)
Afoito em alguns lances. Bons desarmes, mas vários errinhos.

Léo Andrade (5,0)
Quase não apoiou. Irregular na marcação. Levou um baile de Carlos Eduardo.

João Paulo (5,0)
Envolvido pelo bom toque do Goiás. Com a bola, quase não jogou.

Simião (5,0)
Entrou aos 39-1º. Entrou e manteve o padrão de João Paulo.

Julio Rusch (6,0)
Duas boas jogadas ofensivas. Bem na bola parada. Firme na marcação.

Thiago Lopes (5,0)
Inseguro com a bola. Participou pouco com e sem a bola.

Iago Dias (6,5)
Criou três boas jogadas ofensivas, com dois cruzamentos e um bom lançamento.

Guilherme Parede (5,5)
Bem no 1º tempo, com duas boas jogadas individuais. Depois, perdeu um gol feito.

Alecsandro (5,0)
Abandonado pelo time. Ficou isolado no ataque.

Evandro (5,0)
Entrou aos 21-2º. Entrou e pouco pode fazer na bagunça final.

DESTAQUES DOS EDITORES