Publicidade
Academia Policial

Sobe para 21 número de mortos em atentado na Colômbia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Subiu para 21 o número de mortos na explosão de um carro-bomba em uma escola de policiais em Bogotá, capital da Colômbia, em um ato classificado como terrorista pelo governo, afirmou a polícia em nota nesta sexta-feira (18).

Também foi informado que 10 dos 68 feridos continuam hospitalizados.

O ataque ocorreu dentro da Academia de Polícia General Santander às 9h30 locais desta quinta-feira (17, 12h30 em Brasília), após uma cerimônia de promoção de oficiais. O veículo, uma SUV, continha 80 quilos de explosivos. José Aldemar Rojas, 56, foi apontado como o motorista.

Até o momento, nenhum grupo reivindicou o atentado —o pior já ocorrido em Bogotá desde que um carro-bomba da guerrilha das Farc matou 36 pessoas em um clube em 2003.

DESTAQUES DOS EDITORES