Publicidade
Alemanha

Sociais democratas confirmam acordo com Merkel: "cansados, mas contentes"

A direção do Partido Social-Democrata Alemão (SPD) confirmou nesta quarta-feira (7) que chegou a um acordo com o bloco conservador da chanceler Angela Merkel, para reeditar a grande coalizão de governo. A informação é da Agência EFE.

"Cansados, mas contentes", destacaram nas redes sociais os principais dirigentes do SPD, junto com uma selfie em que o presidente do partido, Martin Schulz, aparece sorridente ao lado dos seus companheiros de delegação.

Segundo explicaram, o acordo está pronto e agora estão sendo definidos apenas os últimos detalhes do texto, que será depois analisado pelos 35 membros da equipe negociadora.

A notícia do pacto entre a União Democrata-Cristã, da chanceler, sua ala bávara da União Social-Cristã (CSU) e o SPD vazou à imprensa após 24 horas de negociações ininterruptas em Berlim e depois de ultrapassado o prazo que os partidos haviam fixado para alcançar um acordo.

Segundo a imprensa alemã, os sociais democratas estariam à frente de três importantes ministérios no futuro gabinete: Finanças, Relações Exteriores e Trabalho.

A formação do governo depende agora da consulta vinculativa à qual estão convocados os 463.723 militantes do SPD, um partido dividido pela reedição da grande coalizão com Merkel após seu baixo desempenho eleitoral em setembro.

Publicidade

DESTAQUES DOS EDITORES