Publicidade
Copa do Brasil

Técnico do Athletico lamenta desfalques e pede reforços

Tiago Nunes
Tiago Nunes (Foto: Valquir Aureliano)

O técnico do Athletico Paranaense, Tiago Nunes, lamentou os desfalques provocados por situações inusitadas nas últimas semanas. E pediu contratações à diretoria. Ele perdeu o zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho em caso de doping. E o lateral-esquerdo Renan Lodi não foi liberado pela CBF para defender o clube, após ser convocado para a seleção pré-olímpica. Tiago Nunes falou sobre essas situações após a vitória sobre o Fortaleza, nessa quarta-feira (dia 5).

“A vitória de hoje tem um sabor a mais, porque a gente se superou muitas vezes. Fiquei chateado pelas ausências, mas não lamentei. Apostei e continuo apostando na capacidade de treinamento e no no poder de grupo, nos jogadores que vem entrando. Mas você não substitui um jogador de mais de 20 milhões de euros. Não substitui um pelo outro. São características diferentes. Você tem que criar uma atmosfera coletiva. A profundidade que o Renan dava no lado esquerdo agora tem que ser feita de outra maneira”, explicou.

Tiago Nunes explicou que Camacho e Thiago Heleno são únicos dentro do elenco, com características não encontradas em outros jogadores. “São jogadores que têm capacidade única. O Camacho é construtor. Ele estava muito competitivo fazendo a primeira função (primeiro volante). O Thiago Heleno, pra mim, é sem dúvida alguma um dos melhores zagueiros do Brasil. Vive um momento maduro, se expondo tecnicamente, com muita força fisica e liderança”, declarou.

E o treinador aproveitou para pedir contratações. “Fico feliz por ajudar a cumprir objetivos do clube. Mas a gente precisa de ajuda, precisa de ajuda da direção, que está mobilizada e tentando nos ajudar, para que a gente possa ter mais elenco, mais jogadores. E assim a gente consiga se manter competitivo por todo ano”, disse.

DESTAQUES DOS EDITORES