Publicidade
Audiências de instrução

Testemunhas do caso do médium Maury Rodrigues da Cruz começam nesta segunda

As testemunhas do processo contra o médium Maury Rodrigues da Cruz começam a ser ouvida pela Justiça do Paraná nesta segunda-feira, 18. Cruz é diretor presidente da Sociedade Brasileira de Estudos Espíritas (SBEE) e responde por acusação de abuso sexual.

As oito testemunhas de acusação serão as primeiras a serem ouvidas, a partir das 13h45, na 13ª Vara Criminal de Curitiba. Nos próximos dias, serão ouvidas as testemunhas de defesa e, na sequência, será feito o interrogatório do réu. Depois da apresentação das alegações finais, o juiz vai proferir a decisão final. O caso corre em segredo de Justiça.

Maury Rodrigues também foi diretor do Museu Paranaense e professor universitário. A SBEE fica localizada no bairro Tingui, na capital paranaense. Conforme a denúncia, aceita pela Justiça em agosto do ano passado,o réu aproveitava-se da fé espírita das vítimas que frequentavam a SBEE para tentar se aproximar e cometer a violação sexual.

DESTAQUES DOS EDITORES