Publicidade
Brasileirão

Tiago Nunes evita reclamar da arbitragem e exalta equipe do Athletico contra o Botafogo

O técnico Tiago Nunes não comentou sobre a arbitragem após o revés por 2 a 1 para o Botafogo, neste domingo (11), no Estádio Nilton Santos. O técnico rubro-negro preferiu destacar a atuação coletiva da equipe rubro-negra, que fez somente um treinamento com foco no time carioca.

Na partida, o Athletico reclamou de um pênalti não marcado sobre o lateral Madson, empurrado dentro da área pelo zagueiro Carli, do Botafogo, no fim da partida. O árbitro Douglas Marques das Flores não deu na hora e, mesmo depois de ver o vídeo do lance, manteve a decisão.

“Se ficar falando sobre VAR, vou perder meu tempo. Eles não merecem tanta moral assim. Não vou polemizar”, disse Nunes, em entrevista coletiva após a partida. “Temos que valorizar os jogadores jovens que entraram, a organização que se manteve. Mesmo com pouco entrosamento e pouco tempo de treino desse time, conseguimos fazer uma boa atuação”, continuou. “De maneira geral, valorizar a atuação da nossa equipe. A nossa equipe direcionou treinamentos para esse jogo de uma maneira muito rápida. Não conseguimos focar no Botafogo”, acrescentou.

Para Tiago Nunes, a produção do Furacão no início da partida foi suficiente para “matar o jogo”. “Produzimos para ‘matar’. Mas o sentimento é de justiça. O futebol é feito de oportunidades que você cria e oportunidades que você concretiza em gol”, avaliou.

Envolvido no lance do pênalti, Madson disse que houve a infração. “Houve a carga. No meu entendimento, foi pênalti, mas no entendimento deles não foi”             , falou, na saída de campo.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES