Publicidade
Minuto Estímulo

Um bom remédio!!

Desde a chegada das TVs com controle remoto, todos nós passamos a assistir vários programas ao mesmo tempo, no popular viramos navegadores da televisão. Isto também gerou algumas brigas conjugais, pois os homens são mais afoitos que as mulheres, eles gostam de navegar em vários programas e praticamente não assistir a nenhum em específico, já as mulheres gostam de assistir a um específico e navegar em outros, sempre pensando no próximo que poderá ser melhor.
Como todo homem normal eu também fico “zappiando”, e faz algum tempo, mais de 10 anos, parei na novela das oito da Rede Globo, que aliás há tempos começa às nove horas da noite, talvez pelos temas cada vez mais picantes. Não sou nenhum telespectador de novelas, mas a gente sempre acaba parando e assistindo alguns minutos.
O que aconteceu naquela novela foi o seguinte, o personagem do ator Dado Dolabella roubou o seu filho recém nascido da mãe, que queria levá-lo embora. Um ato de desespero de um pai que não queria ficar sem seu filho. Depois de muito drama  e suspense, no final de tudo, a avó materna fez com que o filho devolvesse o neto para a mãe, pois ela quando jovem tinha passado pela mesma situação e sabia muito bem o que era ter um filho roubado. 
Após a cena da devolução do filho para a mãe, a avó, que era representada pela atriz Suzana Vieira, chama seu filho para uma conversa na frente da sua casa, ali ela conta para o seu filho o quão grande era sua dor de ter feito aquilo e que ela, mais do que ninguém, entendia a dor que seu filho estava sentindo, que não tinha um remédio para esquecer a dor da perda, mas que trabalhar duro, muito duro, ajuda muito. Ela então vira para aquela  casa maravilhosa e fala para o seu filho, que aquela casa era o resultado do trabalho, esforço e suor de uma vida inteira, de quem jamais perdeu a esperança de reencontrar a filha, mas que não podia parar. 
No outro dia o filho estava na loja da mãe pronto para trabalhar, coisa que jamais tinha feito na vida, por quanto tempo não sabemos, mas o exemplo da mãe e a dor compartilhada, serviu para que ele realmente começasse a trabalhar!!!!! Trabalhar pode ser um bom remédio para muitas “dores”. 
Um grande abraço, boa semana e Deus te abençoe.#treinamentoscomjogosdenegocios&palestrasdemetasevendas
Desmar Milléo Junior, Autor do Livro: “Apenas Boas Intenções Não Bastam”,  Palestrante nas áreas motivacional, comportamental e vendas.Treinamentos com Jogos de Negócios & Simuladores. 
SITES: www.milleo.com.br

DESTAQUES DOS EDITORES