Publicidade
Entulho

Uso de caçambas para remoção de resíduos precisa ser autorizado pela Setran

Uso de caçambas para remoção de resíduos precisa ser autorizado pela Setran
Uso se caçambas precisa ser autorizado pela Setran (Foto: Divulgação Setran)

O serviço de guincho contratado pela Prefeitura está começando a mexer com a rotina das operadoras de caçambas para remoção de resíduos de construções. Cresceu entre as empresas do ramo o número de pedidos de informação e de autorização para trabalharem regularmente nos bairros próximos ao Centro.

 

Até meados de março, quando o serviço de guincho começou a operar, a média e informações era de dez pedidos mensais. Agora passou para 15 por mês. O motivo do interesse é que os responsáveis não querem ver suas empresas engrossando a estatística da Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito, que somou 19 caçambas removidas até agora.

As caçambas irregulares deram mais trabalho no Centro. Até o dia 8 de maio, 15 das 19 unidades removidas ficavam na região central. As demais foram localizadas nos bairros São Francisco, Mercês, Cristo Rei e Jardim Botânico.

Do total, 17 não tinham autorização da Superintendência de Trânsito (Setran) - nem feito o recolhimento de taxas. Uma não apresentava identificação e outra foi deixada em local de estacionamento proibido. 

Regularização

A dor de cabeça pode ser evitada se todas as 90 empresas licenciadas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente tiverem autorização da Setran para atender cada demanda.

O documento pode ser obtido por meio do endereço eletrônico [email protected] Nele, cada interessado deve informar o local e o período em que a empresa precisará estacionar sua caçamba na calçada (se ela tiver largura suficiente para garantir a passagem de pedestres) ou na rua (em vaga própria para veículos).

Com base nessas informações e também via internet, a Setran envia o boleto com o valor da taxa (R$ 47,65) mais – se for o caso de via com estacionamento regulamentado – o correspondente ao EstaR (R$ 20 por dia).

Feito o pagamento, a empresa envia o comprovante à Setran, que gera a autorização, válida por três dias. Depois disso, caso seja necessária a permanência da caçamba por mais tempo no local, é necessário renovar o pedido e o pagamento das despesas. 

Exigências

A caçamba deve estar identificada com o nome e o telefone da empresa à qual pertence e sinalizada com faixa refletiva, para facilitar a visualização à noite. O ideal é que ela seja colocada na calçada e o mais perto possível do alinhamento predial, para que o trabalho de retirada de resíduos do imóvel não interfira na circulação de pedestres.

Também é necessário que, depois de instalada a caçamba, haja uma sobra de aproximadamente 1,5 metro de calçada para circulação de pedestres. Se isso não for possível, a caçamba deverá ser colocada na rua, em local de estacionamento permitido para veículos.

Mais informações estão disponíveis em:  setran.curitiba.pr.gov.br/servicos/autorizacao-de-cacambas.

DESTAQUES DOS EDITORES