Publicidade
Desmatamento

Vereador paranaense é preso por crime ambiental em Foz do Iguaçu

(Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

Um vereador de Serranópolis do Iguaçu, no oeste do Paraná, foi preso na última sexta-feira e liberado na tarde de ontem (25 de maio) sob a suspeita de ter cometido crime ambiental. Durante uma vistoria do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade em propriedade pertencente ao parlamentar, teria sido constatado o desmatamento de um trecho da estrada que margeia o Parque Nacional do Iguaçu.

Loacir José Dembogurki (PSDB) teria usado um trator para fazer a limpeza da estrada, empurrando a vegetação além do limite da cerca do parque. Além do desmatamento, árvores e 150 postes de concreto teriam sido derrubados, danificando uma área de 0,03 hectares.

Um caminhão com 15 metros de madeiras de espécies exóticas e nativas foi encontrado na propriedade e não havia autorização ambiental para o corte - ou pelo menos não foi apresentada às autoridades tal autorização. O vereador, então, foi atuado em flagrante e encaminhado à Delegacia de Polícia Federal de Foz do Iguaçu.

DESTAQUES DOS EDITORES