Publicidade
Capacitação

Vestibular: como se preparar online

Com a proximidade dos vestibulares de julho, a necessidade de estudar e revisar tudo o que foi aprendido em cada disciplina é cada vez maior. É fundamental que os vestibulandos estejam focados e preparados para encararem as provas e ingressarem no ensino superior. Porém, nem todos os alunos têm a oportunidade de frequentar um cursinho presencial, por conta de diversos fatores — como o alto custo das mensalidades, horários das aulas ou trajeto até o local do curso, entre outros.

Uma alternativa para tais dificuldades são os cursos online que, geralmente, estão disponíveis no Youtube, blogs e sites especializados, possibilitando o aprendizado de uma forma fácil e prática, sem que o aluno precise sair de casa, com horários mais flexíveis, além de terem uma linguagem simples e bastante didática.

O Professor Ferretto, maior influenciador de matemática da América Latina, lista alguns benefícios de se preparar online: “Uma das maiores vantagens do curso pela internet é o fato de que o aluno faz seu próprio cronograma de aulas. Além disso, ele não precisa sair de casa para estudar e tem à sua disposição diversos materiais e vasto conteúdo, podendo se preparar para os vestibulares com tranquilidade”, diz.

Entre as matérias que os estudantes têm que revisar para o vestibular, para muitos estudantes, a matemática é considerada a disciplina mais complicada e, consequentemente, costuma ser “abominada”. Pensando nisso, o Professor Ferretto decidiu ensinar pela internet a tão temida disciplina. “Ensino a matéria de forma simples, desmitificando a ideia de que a matemática é chata e impossível de aprender. Minha meta é que a disciplina seja cada vez mais conhecida e acessível”.

Além do canal no Youtube, Ferretto Matemática, com mais de 1,9 milhão de inscritos, o professor disponibiliza cursos que também podem ser adquiridos em sua própria plataforma de estudos online. Além disso, em seu blog, Ferretto também dá dicas para entender a matemática de forma prática e sem complicação.


De olho no vestibular

Professor lista dicas essenciais para que os alunos estudem online para as provas de julho

Organize-se e crie uma rotina de estudos
Para estudar online, é fundamental que o estudante seja organizado e tenha disciplina. Para isso, é preciso que ele crie uma rotina de estudos e consiga equilibrá-la com outros compromissos e atividades, como o lazer, que também é essencial no dia a dia. É importante traçar um cronograma, fazer planos, definindo as tarefas de maneira específica, com data e horas de estudo marcadas para cumpri-las, e seguir esse plano à risca.

Analise as condições do ambiente de estudo
O ambiente é um fator muito importante na hora de estudar. Tudo ao redor impacta na concentração do aluno e, consequentemente, no rendimento. No caso do estudo online, além de ser necessário ter acesso à internet, é preciso que o local seja tranquilo, tenha uma estrutura adequada e com boa iluminação. Quem estuda em casa, deve procurar um lugar reservado e combinar com familiares ou outras pessoas que frequentem o mesmo ambiente, para que evitem interrupções durante o horário de estudo. Além disso, nada de estudar com a TV ligada, música ao fundo, celular com o som alto e com mensagens apitando a todo instante, ou qualquer outro fator que irá tire a concentração.

Tenha foco e saiba o que cairá nas provas
Para uma rotina de estudos dar certo, além de um bom cronograma, é necessário ter muito foco e concentrar-se especificamente naquilo em que estiver revisando. Anotar tudo, ter todos os materiais necessários, fazer resumos e exercícios práticos enquanto estuda são formas válidas. Os editais dos vestibulares são um bom recurso para saber o que vai cair na prova.

Acompanhe seu rendimento
Quando se estuda online, ainda que o aluno passe horas e horas em frente ao computador, de nada adianta se ele não acompanhar o seu rendimento e verificar se, de fato, aprendeu ou não o que está estudando. Reveja o conteúdo, refaça os exercícios se for necessário, leia muito e pesquise sobre o assunto, aplicando também na prática o que aprendeu na teoria . E procure verificar sempre a evolução,

Planeje uma recompensa
Além de todas as dicas anteriores, o professor Ferretto ainda dá mais uma ideia, válida como um “bônus” para o estudante: Segundo ele, recompensar a si mesmo por cada objetivo atingido nos estudos pode ser um poderoso motivador. Recompensas simples, como terminar os estudos 15 minutos antes ou mesmo uma checada rápida nas redes sociais - ou seja, fatores que costumam atrapalhar os estudos - podem se tornar uma motivação para que o estudante siga adiante.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES