Publicidade
Esporte

Vettel faz corrida perfeita e vence em prova marcada por acidente de Alonso

O acidente de Fernando Alonso
O acidente de Fernando Alonso (Foto: Reprodução / TV Globo)

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O GP da Bélgica deste domingo (26) foi marcado por acidente, ultrapassagens e uma corrida perfeita de Sebastian Vettel. O alemão ultrapassou Lewis Hamilton, que havia largado na pole, logo na primeira volta e lá se manteve até o final com grande vantagem à frente do britânico da Mercedes.

Na briga pela liderança, Sebastian Vettel ficou tranquilo. O alemão se deu melhor após a troca de pneus logo no início da corrida e não foi muito ameaçado pelo rival. Vettel chegou a abrir mais de dez segundos à frente de Hamilton nas últimas voltas da prova.

Se Hamilton não teve sorte e acabou fora da primeira colocação, o companheiro de Mercedes Valtteri Bottas tem muito a comemorar. O piloto largou nas últimas posições após punição e fez uma bela corrida de recuperação, terminando em quarto lugar.

Agora a Fórmula 1 irá para a Itália. No dia 2 de setembro acontece o GP de Monza.

Fernando Alonso e Leclerc nem sentiram o gostinho de correr o GP da Bélgica. Os dois, junto com Hulkenberg, precisaram deixar a prova logo na primeira volta após o piloto da Renault causar um acidente incrível. Hulkenberg perdeu a freada na primeira curva e tocou o carro de Alonso por trás. O espanhol voou na pista passando por cima do carro de Leclerc.

Sebastian Vettel não demorou para conseguir o primeiro lugar de Hamilton no GP da Bélgica. Antes mesmo da entrada do carro de segurança na pista por causa do acidente com Alonso, Leclerc e Hulkenberg na primeira volta, o piloto da Ferrari ultrapassou o rival da Mercedes assumindo a ponta. Na relargada, Vettel conseguiu manter a frente.

Punido, Valtteri Bottas largou em 19º na Bélgica, mas teve uma corrida de recuperação incrível. O piloto da Mercedes foi ultrapassando todos em sua frente chegando ao quarto lugar da prova.

Sebastian Vettel não foi muito incomodado por Hamilton no GP da Bélgica. O alemão chegou a abrir quase dez segundos de vantagem sobre o britânico após a metade da prova. A ultrapassagem sobre Vettel se deu logo na primeira volta antes da entrada do carro de segurança na pista.

Daniel Riccardo bem que tentou, mas não conseguiu completar a prova na Bélgica. O piloto fez uma corrida discreta até quando pode e com um problema na asa traseira deixou o GP da Bélgica na volta 30.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES