Publicidade
Política

Vice do tucano Anastasia defende ‘dar as mãos a Bolsonaro’ em ato com apoiadores

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em um ato com apoiadores, Marcos Montes (PSD), o vice de Antonio Anastasia (PSDB) na disputa pelo governo de Minas, contou ter defendido junto ao tucano “dar as mãos ao candidato Bolsonaro” no momento em que ficar claro que Geraldo Alckmin, o presidenciável do PSDB, não vai chegar ao segundo turno. Ele foi aplaudido pela plateia.

“O professor Anastasia e eu temos nosso candidato à Presidência da República, um candidato extremamente competente, que é Geraldo Alckmin”, diz Montes no início da fala, que foi gravada.

“Lamentavelmente, a sociedade brasileira começa a enxergar que não é o seu momento, que seus números não avançam e, com isso, acende-se um sinal amarelo, indo para um sinal vermelho”, ele continua.

“E nós temos que ter responsabilidade entre nós. Eu disse ontem e vou dizer: a partir do momento em que eu achar e o professor Anastasia também achar que o candidato Alckmin não vai realmente ao segundo turno, nós precisamos dar a mão ao candidato Bolsonaro. Precisamos, com responsabilidade, porque aí não cabem nossos interesses pessoais”, concluiu.

A fala é mais um dos sinais de defecção de aliados de Alckmin diante de sua imobilidade nas pesquisas eleitorais. A Folha de S.Paulo fez contato com Marcos Montes, mas ainda não teve retorno.

DESTAQUES DOS EDITORES