Publicidade
Liga dos Campeões

Vitória do Real Madrid sobre o Ajax tem primeira decisão de VAR na Champions

Vinícius Júnior e Benzema comemoram o primeiro gol do Real Madrid
Vinícius Júnior e Benzema comemoram o primeiro gol do Real Madrid (Foto: Reprodução)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A vitória do Real Madrid (ESP) por 2 a 1 sobre o Ajax (HOL), nesta quarta-feira (13), na Holanda, pelas oitavas de final da Champions League, marcou a primeira utilização do sistema de árbitro de vídeo na história da competição europeia.

A partida ainda estava 0 a 0 quando o argentino Nicolás Tagliafico desviou de cabeça para o gol após rebote do goleiro Courtois. O árbitro esloveno Damir Skomina, porém, viu posição de impedimento de Dusan Tadic, que na visão de Skomina teria atrapalhado o goleiro do Real.

A Uefa havia previsto a utilização do VAR somente na edição 2019/2020 da Champions. Contudo, em dezembro do ano passado, a entidade anunciou a implementação do sistema já para o torneio que está em andamento.

Após o gol anulado, os espanhóis abriram o placar com Karim Benzema, em assistência de Vinicius Junior. O Ajax empatou com Ziyech, mas Asensio deu a vitória ao Real aos 42min do segundo tempo.

Agora, o Real pode até perder por 1 a 0 na partida de volta para avançar às quartas de final. O desfecho da eliminatória acontece no dia 5 de março, no estádio Santiago Bernabeu

No outro jogo desta quarta, o Tottenham (ING) venceu por 3 a 0 o Borussia Dortmund (ALE), em Londres. O triunfo foi desenhado no segundo tempo, com gols de Son Heung-Min, Vertonghen e Llorente.

A partida de volta, na Alemanha acontece também no dia 5 de março. O Borussia precisará vencer por quatro gols de diferença para ir às quartas de final.

DESTAQUES DOS EDITORES