Publicidade
Mercado da bola

Volante deixa o Coritiba e atacante entra na mira de clube português

Welinton Júnior enfrenta o Londrina: um gol e três assistências pelo Coritiba
Welinton Júnior enfrenta o Londrina: um gol e três assistências pelo Coritiba (Foto: Valquir Aureliano)

O volante João Vitor, 31 anos, chegou a Alagoas no sábado (dia 20) e já acertou os detalhes para assinar contra com o CSA. Ele era um dos três volantes defensivos no elenco principal do Coritiba, que agora só fica com Vitor Carvalho e Matheus Sales para essa função.

Uma análise do desempenho do trio revela que João Vitor tem o maior número de desarmes e interceptações, considerando a média por 90 minutos jogados. Os dados são do Sofascore. 

No CSA, João Vitor vai trabalhar com o técnico Argel Fucks, o centroavante Alecsandro e o zagueiro Alan Costa, todos ex-Coritiba.

ATACANTE
O ponta Welinton Júnior, 26 anos, pode se transferir para um clube de Portugal, segundo informações da rádio Banda B. O nome da equipe portuguesa não foi divulgada. Welinton Júnior não atua desde 8 de junho – derrota para o Paraná Clube.

Welinton chegou ao Coritiba em janeiro, após defender o Brasil de Pelotas em 2018. No Coxa, disputou dez partidas (cinco como titular). Marcou um gol – foi no empate em 1 a 1 com o Athletico Paranaense, na final da Taça Dirceu Krüger (segundo turno do Campeonato Paranaense). O time alviverde perdeu aquela decisão nos pênaltis. No total desses dez jogos, o atacante deu três assistências.

ESCALAÇÃO
O técnico do Coritiba, Umberto Louzer, ainda não sabe se poderá contar com quatro jogadores para a próxima partida na Série B. Nesta terça-feira (dia 23), o time recebe o Vila Nova no Couto Pereira, pela 11ª rodada da competição. As dúvidas na escalação são o goleiro Wilson (35 anos), o meia-atacante Rafinha (35) e os laterais Diogo Mateus (26) e Felipe Mattioni (30). Todos se recuperam de lesões.

O volante Vitor Carvalho e o meia Juan Alano cumpriram suspensão automática contra o São Bento e podem retornar à equipe. Outro reforço é o meia/lateral Patrick Brey, que não estava 100% recuperado para atuar na última partida.

O meia Giovanni não estava 100% fisicamente e entrou no segundo tempo da última partida. Fica a dúvida se ele terá condições para 90 minutos contra o Vila Nova.
Com isso, a provável escalação para quarta-feira, no esquema tático 4-1-4-1, é Alex Muralha (Wilson); Sávio (Mattioni), Walisson Maia, Sabino e William Matheus (Patrick Brey); Vitor Carvalho (Matheus Sales); Luiz Henrique, Thiago Lopes (Giovanni), Alano (Rafinha) e Robson (Patrick Brey); Rodrigão.

Publicidade

Plantão de Notícias

Mais notícias

DESTAQUES DOS EDITORES