PF apreende 10 quilos de ouro puro no aeroporto de Foz

27 julho, 2017 às 19:20  |  por Redação Bem Paraná

ouro

Dez quilos de ouro em canecas de alumínio foram apreendidos pela Receita Federal e Polícia Federal no Aeroporto de Foz do Iguaçu na noite de quarta-feira (26).

Os fiscais desconfiaram de uma mala que, ao passar pelo scanner. apresentou os produtos com peso e densidade maior. O ouro puro estava no interior das canecas de alumínio.

A mulher que levava a mala, seguiria Dubai, com conexão no Rio de Janeiro, e em seguida iria para Hong Kong, na China e retornaria para Foz do Iguaçu no dia 2 de agosto.
O curto tempo no exterior seria apenas para levar os produtos ao exterior.

Os blocos de ouro foram avaliados em mais de R$ 1,3 milhão. A viajante foi presa em flagrante e levada a Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

Assaltante é morto por PM de licença no Boa Vista

27 julho, 2017 às 18:27  |  por Redação Bem Paraná

Uma tentativa de assalto a uma casa acabou com um morto no Boa Vista na manhã desta quinta-feira (27). O assaltante não sabia que a casa era de um policial militar, que mesmo operado e e de licença, reagiu à invasão e atirou em um dos dois assaltantes que morreu na hora.  O outro assaltante fugiu e não foi capturado até o momento.

Preso homem suspeito de cometer três estupros em Colombo

27 julho, 2017 às 17:49  |  por Redação Bem Paraná

estuprador

A Polícia Civil do Alto Maracanã prendeu na manhã de quarta-feira (26), um homem, de 29 anos, suspeito de cometer três estupros, sendo um de vulnerável. O homem não resistiu a prisão e foi localizado em uma residência no bairro Guaraituba, após o cumprimento de um mandado de prisão preventiva expedida pela 1ª Vara Criminal do município.

O homem é investigado pela prática de três estupros ocorridos no ano de 2013, também no bairro Guaraituba, contra jovens 12, 14 e 15 anos. O confronto do material genético comprovou a autoria do crime.

De acordo com investigações, o suspeito agia da mesma forma, esperando o momento exato em que a vítimas estavam sozinhas para abordá-las. As jovens eram arrastadas até carro do homem – um Gol branco – onde eram levadas até uma região afastada e estupradas. Em um dos casos o homem chegou a roubar pertences de uma das vítimas.

Continuar lendo

Polícia prende em Londrina família envolvida em “golpe do bilhete premiado”

27 julho, 2017 às 17:16  |  por Redação Bem Paraná

bilhete

Mãe, filho e nora, de 51, 27 e 23 anos, suspeitos pelos crimes de extorsão e estelionato, foram presos na manhã de quarta-feira (26), pelo Grupo de Diligências Especiais (GDE) da 22ª Subdivisão Policial (SDP) de Arapongas. As prisões aconteceram na cidade de Londrina e contou com o apoio da Delegacia de Rolândia e Delegacia de Jaguapitã.

Os mandados judiciais foram cumpridos em três bairros de Londrina, entre eles Jardim Eucalipto, Vila Industrial e Jardim Pindorama. Segundo informações policiais, o trio faz parte de um grupo criminoso especializado em aplicar um golpe popularmente conhecido como “golpe do bilhete premiado”.

Somente em Arapongas, a quadrilha é suspeita de cometer quatro vezes o mesmo crime, contabilizando um prejuízo superior a R$60 mil para as vítimas.

De acordo com o delegado-titular da unidade, Marcos Fernando da Silva Fontes, as vítimas geralmente eram mulheres idosas. Em geral, os suspeitos agiam da mesma forma, um deles abordava a vítima dizendo ser analfabeto e pedia informações de como chegar até uma agência bancária, explicando que possivelmente estava em posse de um bilhete premiado.

Na sequência, outro integrante da quadrilha chegava, fingindo que não conhecia o comparsa e fazia uma ligação para um terceiro elemento do grupo que se passava pelo gerente do banco confirmando uma quantia a ser retirada.

O suspeito então agradecia e pedia para que fossem até o banco com ele, inclusive, que queria recompensá-los pela ajuda prestada até ali. Momento em que seu comparsa induzia a vítima a dar uma quantia em dinheiro como garantia de que não iriam enganar o suposto ganhador do dinheiro.

O delegado ressalta ainda que o trio também é suspeito de participar em um crime de extorsão praticado na cidade no mês de fevereiro deste ano. “Na ocasião, os suspeitos conseguiram fazer com que uma vítima entrasse no carro deles e a ameaçaram até que sacasse todo o dinheiro que tivesse em bancos, no total, causaram um prejuízo de R$7 mil”, conta o delegado.

O delegado informa que têm mais três pessoas envolvidas com o crimes, conforme apurado pela equipe. “Constatamos ainda que um dos membros do grupo, que está foragido no momento, também é procurado no Estado de São Paulo, pelo mesmo crime. As investigações continuam com o intuito de localizá-lo e prendê-lo, bem como as demais pessoas envolvidas com a quadrilha”, finaliza Fontes.

Mãe, filho e nora responderão pelos crimes de extorsão e estelionato. O três permanecem presos à disposição da Justiça

Suspeito de cometer homicídio no Santa Cândida é preso

27 julho, 2017 às 13:48  |  por Redação Bem Paraná

foca

Nos últimos dias, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Curitiba, esclareceu a morte de Denivaldo da Silva, 39 anos, após a identificação e prisão de um homem de 28 anos, mais conhecido como “Foca”, suspeito da autoria do crime. “Foca” foi localizado em via pública no bairro Santa Cândida.

O homem não reagiu a prisão e preferiu permanecer em silêncio. O homicídio aconteceu no dia 8 de dezembro do ano passado, também no bairro Santa Cândida, quando Silva acabou sendo morto com diversos disparos de arma de fogo efetuados por “Foca”.

Segundo informações apuradas pela DHPP, o crime foi motivado após uma briga entre o suspeito e a vítima referente a uma dívida de R$ 300. Ao encontrar “Foca” na rua, a vítima teria cobrado o suspeito, houve uma discussão entre eles e “Foca” disse a Silva que retornaria para matá-lo.

“Minutos depois, o suspeito retornou ao local e acabou atirando contra a vítima que não resistiu aos ferimentos e morreu no local”, conta a delegada da 1ª Delegacia de Homicídios (DH), Sabrina Barreiros.

O suspeito possuía passagens criminais por tráfico de drogas e roubo. A vítima também possuía antecedentes pelos crimes de roubo e receptação.

“Foca” responderá por homicídio qualificado. Se condenado poderá pegar uma pena de 12 a 30 anos de prisão, ele permanece preso à disposição da Justiça.

PRF apreende 4,3 toneladas de maconha, 23 pistolas e 500 munições no Paraná

27 julho, 2017 às 09:15  |  por Redação Bem Paraná

A droga e as armas estavam escondidas sob uma carga de feijão; apreensão de maconha é a maior feita este ano pela PRF no estado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 4.302 quilos de maconha, 23 pistolas e 500 munições nesta quarta-feira (26) em Toledo, na região oeste do Paraná.

Toda a carga ilícita estava escondida sob sacos de feijão, dentro de uma carreta. A apreensão ocorreu no pátio de um posto de combustíveis, às margens da BR-163.

Esta é a maior apreensão de maconha feita este ano pela PRF no Paraná. E a segunda maior de armas, atrás apenas de uma outra ocorrência, registrada em Santa Terezinha de Itaipu no último dia 14 de junho, quando 56 pistolas foram apreendidas em um automóvel.

Agentes que atuam na Delegacia de Guaíra da PRF desconfiaram da carreta, que aparentemente estava abandonada nas imediações do posto de combustíveis.

Durante fiscalização na cabine do caminhão, os policiais localizaram inicialmente algumas notas fiscais com indícios de adulteração.

Após romper os lacres e vasculhar o interior da carreta, a equipe da PRF acabou por descobrir a droga e o armamento.

Das 23 pistolas apreendidas, 19 têm calibre .40 e quatro, calibre 9 milímetros. A maioria das pistolas são da fabricante Glock. Além das 500 munições de calibre .40, foram apreendidos ainda 45 carregadores e 18 acessórios para modificação da arma para tipo rajada.

O motorista da carreta ainda não foi localizado.

A PRF encaminhou a droga, as armas e a carreta para a Delegacia da Policia Federal em Cascavel.

apreensao

PM reage a assalto e é assassinado em Campo de Santana

26 julho, 2017 às 23:19  |  por Redação Bem Paraná

ace46d4b-16eb-4b7e-93b3-20b06ed12f76

O soldado Marcos Rodrigues Ferreira, do 13 º Batalhão, foi assassinado a tiros na noite desta quarta-feira (26), no bairro Campo de Santana, em Curitiba. Ele foi assassinado na frente de sua casa. De acordo com as primeiras informações da PM, ele teria reagido a um assalto e o carro dele foi levado pelos assaltantes e abandonado a alguns metros do local do crime.

Ele era casado e deixa dois filhos de 4 e 12 anos.

Cantada para homem casado no Whatsapp vira caso de polícia no interior do Paraná

26 julho, 2017 às 22:39  |  por Redação Bem Paraná

conversa

Uma moradora de Apucarana, no Norte do Paraná, resolveu tomar uma atitude drástica ao flagrar conversa de uma mulher interessada no seu marido no Whatsapp e o episódio virou caso de polícia.

A esposa ameaçada capturou as imagens da tela, mandou imprimir e distribuiu nas ruas da cidade. Além do conteúdo da conversa, os panfletos traziam o nome e a foto da mulher.  Na conversa, o homem pergunta a jovem que estaria interessada nele se ela sabe que ele “tem mulher” . Ela responde que sabe disso e revela que não é solteira e que namora um homen há cinco anos e meio.”Eu não tô pedindo para você largar da sua mulher. Só é para a gente se divertir um pouquinho”, disse ela na conversa

A mulher que teria proposto traição foi à polícia e registrou boletim de ocorrência por difamação.  A polícia não divulgou os nomes dos envolvidos.

Foragido da justiça do Rio Grande do Norte é preso em Cascavel

26 julho, 2017 às 17:15  |  por Redação Bem Paraná

RN01

Um dos homens mais procurados no Estado do Rio Grande do Norte (RN), região Nordeste do país, foi preso na manhã de segunda-feira (22), pelo Grupo de Diligências Especiais (GDE) da 15ª Subdivisão Policial (SDP) de Cascavel. O suspeito foi detido no momento em que saía de uma residência, no bairro Pioneiros Catarinense.

A Polícia Civil chegou até o homem após receber informações de que o foragido da Justiça estaria residindo na região de Cascavel. Os policiais iniciaram uma sequência de monitoramentos em possíveis regiões, chegando até o suspeito. O homem de 34 anos não esboçou reação no momento da prisão.

Conforme investigações, o suspeito era foragido da Justiça desde 2010, de onde fugiu do Presídio de Parnamirin (RN) e possuía três mandados de prisão em aberto.

O primeiro mandado de prisão preventiva foi expedido pela Vara Criminal de Macaíba (RN), por um crime de roubo praticado em 2009. O segundo mandado, expedido pela 2ª Vara Criminal da Zona Norte de Natal (RN), foi pelo crime de homicídio cometido no ano de 2011. O homem possuía ainda um terceiro mandado de prisão condenatória de 21 anos de prisão em regime fechado, expedido pela 1ª Vara Criminal de Parnamirim (RN).

As investigações apuraram também que o suspeito é considerado uma pessoa de alta periculosidade e investigado em diversos outros crimes. O homem permanece preso à disposição da Justiça.

PRISÃO – Em outra diligência, policiais do GDE prenderam um homem de 24 anos suspeito de participar de um roubo a residência. O jovem foi detido na 15ª SDP de Cascavel, após o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, expedida pela 4ª Vara Criminal de Cascavel.

Durante as investigações referente ao crime, o rapaz foi intimado a comparecer na delegacia para ser ouvido, nesse meio tempo, o mandado contra o suspeito foi deferido pela Justiça e o rapaz foi preso assim que chegou na delegacia.

O roubo a residência aconteceu no dia 7 de junho deste ano, no bairro Pacaembu, quando dois homens armados invadiram a casa, rendendo os proprietários e levando diversos objetos do local, além de um Toyota/Corolla.

Investigações apuraram que o jovem foi um dos participantes do assalto. O rapaz também foi reconhecido pelas vítimas. O homem foi autuado pelo crime de roubo e encaminhado para o Setor de Carceragem da 15ª SDP de Cascavel, onde aguarda à disposição da Justiça. As investigações seguem para identificar a outra pessoa envolvida no crime.

Por telefone, polícia salva bebê que havia se engasgado

26 julho, 2017 às 14:13  |  por Redação Bem Paraná

engasgado

A soldado Sandra Schons, integrante do 21º Batalhão de Polícia Militar (21º BPM), pertencente ao 5º Comando Regional da PM (5º CRPM), visitou nesta terça-feira (25/07) uma bebê de cinco meses que havia se engasgado com leite e foi salva graças ao atendimento da policial militar por telefone. A situação aconteceu na noite anterior em Francisco Beltrão (PR), Sudoeste do estado. A criança foi encaminhada ao hospital e passa bem.

Na noite de segunda-feira (24/07), o Centro de Operações Policiais Militares (COPOM) recebeu a ligação de uma mulher, a qual informou que sua sobrinha, de apenas cinco meses, havia se engasgado com leite. A soldado Sandra Schons, que atendeu o telefone, repassou noções de primeiros socorros.

“Orientei que a bebê fosse colocada de bruços sobre um dos braços, com a cabeça um pouco mais baixa, e a segurasse com uma das mãos dando leves palmadinhas nas costas da criança com a outra mão, sem usar muita força”, explica a soldado Schons que nesta data foi até a residência da família da criança, localizada no bairro Novo Mundo, e conheceu a menina e sua mãe.

De acordo com a mãe da criança, Ana Paula Lemos, quando a menina se engasgou foi feita a tentativa para que ela voltasse a respirar, mas como a bebê já estava ficando roxa entraram no carro e foram em direção ao hospital. O Samu foi acionado, mas como a ligação não deu certo a família entrou em contato com a PM, via 190, para pedir ajuda.

Segundo informações do setor de Relações Públicas da unidade, no trajeto ao hospital foram feitos os procedimentos de primeiros socorros repassados pela policial militar e a menina regurgitou o leite e começou a chorar. Ao dar entrada no pronto atendimento a equipe de enfermagem efetuou as medidas necessárias. A criança, com nome de Laíza, foi liberada em seguida e passa bem.

Em conversa com a família a soldado Schons teria contado que há cerca de um mês revisou os procedimentos de primeiros socorros, porque tinha medo de não saber ajudar da forma correta caso alguém ligasse pedindo socorro, pois este tipo de atendimento normalmente é prestado pelo Samu ou Corpo de Bombeiros, mas muitas pessoas lembram primeiro do número 190.