Arquivo mensais:abril 2010

Ainda 10 jogos fora?

30 abril, 2010 às 09:14  |  por Capitão Hidalgo

A multa foi baixando, baixando e agora está em 5 mil reais. Primeiramente, o valor astronômico era de 610 mil que o Coritiba teria que pagar, despencou. Claro, valeu  a luta. Muito bem. Na verdade teria sido melhor pagar os 100 mil e ter os 10 jogos em casa e não em Joinville. Isso na verdade não aconteceu. Baixaram a grana mas,….. Mas não se dando por vencido os advogados que atuam neste processo de defesa do clube já partiram para mais um embate, tomando por base que nessa última reunião STJD não deu quorum e o Verdão perdeu por 1×0. Os “caras” não aparecerem. Fica então esclarecido que a má vontade existe, pois, esta punição imposta ao Coritiba é a maior havida em todos os tempo no futebol brasileiro.

Por mais que se divulgue as competições paralelas da Copa do Brasil e Libertadores de América, o povo brasileiro está muito mais focado na próxima investida do técnico Dunga ,quanto a relação dos convocados que acontecerá no dia 11de maio no Rio de Janeiro. A campanha a favor do Neymar e Paulo Ganso continua, a ponto do treinador estar bastante irritado. Quem vai ficar irritado, Dunga, será o torcedor brasileiro se voce não tiver inteligencia para ver os fatos.

A única coisa que vejo neste instante são os valores nas competições estaduais. Esse domingo será espetacular, com os jogos envolvendo o Santos e Santo André, Gremio e Internacional  e Galo Mineiro frente ao Ipatinga. Não dá para esconder que ainda os estaduais continuam atrativos. Deveriam os dirigentes aprimorarem mais seus regulamentos.

Estive como convidado em duas reuniões festivas nesta semana. Na 2ª feira a tradicional entrega de trofeus aos melhores do campeoanto estdual pela Rádio Banda B e na 3ª feira a solenidade da conquista que o Coritiba proprocionou ao lado de sua torcida em Santa Felicidade. O que me causou especie, somente como observador, é que no acontecimento da emissora, de todos os jogadores vencedores do Alviverde presente só estava o goleiro Edson Bastos, sendo que os demais homenageados foram representados. Quanto a festa do clube no dia seguinte estavam todos, inlcusive, o técnico Ney Franco. O que será tem por trás disso!

Ainda voltando a Seleção Brasileira de Futebol que estará aqui em nossa cidade do dia 21 à 26 de maio para as primeiras movimentações, em especial, com trabalhos clínicos, dá para perceber que alguns jogadores que possam estar na convocação do técnico Dunga, não andam bem. É o caso do Kleberson que nem no banco estava nesse jogo do Maracanã. Começo a acreditar que abre-se uma porta para o Paulo Ganso. Seria na verdade o único dos excluídos até agora.

Até a próxima.

Conceito administrativo.

29 abril, 2010 às 06:19  |  por Capitão Hidalgo

Para dirigir um clube de futebol, o que não é uma tarefa fácil, é necessário colocar em prática muitos conhecimentos, principalmente, administrativos com coerência nesta tarefa. Pois bem. Cada um que chega ao poder tem posicionamento que difere até da opinião pública. Não existem vários caminhos a tomar. Ou pega forte no orçamento não fugindo a regra do gasta só o que tem ou se manda em altos investimentos nos custos de comando técnico e atletas. Escrevo sobre isso interpretando o pensamento e postura do Presidente do Furacão, Marcos Malucelli. Depois de algum tempo no comando geral do clube, nota-se na sua forma de agir, que é uma pesssoa muito comedida. Se a torcida do Atlético está esperando deste dirigente arroubos de personalidade estão enganados. Podem ter certeza que é a pessoa de mais olhar administrativo do que técnico. Seu pensamento é arrumar a casa primeiro para depois concluir propósitos em resultados práticos. Já tem gente achando que Marcos Malucelli é um medroso. Por isso que firmo conceito de que cada um no seu processo de comando. Claro, que o melhor mesmo seria dividir a tarefa na distribuição de fatos.

Ganhou o Flamengo com gol de Adriano na cobrança de uma penalidade máxima. Mesmo com 10 jogadores o Mengão segurou a barra. A verdade é que a chuva que caiu, ontem a noite no Rio de Janeiro foi intensa, prejudicando considerávelmente a ordenação tática e técnica do espetáculo. A conclusão que tenho é que o Corinthians no jogo de volta poderá reverter o resultado pois, entendo que tenha mais time que o Mengão. Basta o técnico, Mano Menezes, sair um pouco da sua arrogância e entender que deva mudar algumas peças do seu time. É so olhar para o banco.

Ainda sobre Libertadores de América, o São Paulo jogando fora aguentou a marimba conseguindo um bom resultado de empate  enquanto o Internacional perdeu por 3 gols a um do Banfield.  Já na Copa do Brasil, o Peixe foi a Belo Horizonte enfrentar ao Galo Mineiro do Luxemburgo e perdeu por 3 gols a dois e em Salvador o Vascão da Gama  caiu por 2×0 com o Vitória realizando uma boa partida. Hoje teremos Cruzeiro neste evento sulamericano.

A dimensão de problemas que determinados “empresários” norteiam asnegociações de atletas com os clubes é uma grandeza. Esse caso do Toscano e o Paraná Clube é de chorar. Para interpretar a questão é só indo para o divã. Por outro lado o caso do Ariel também já deu muito pano para manga, pois, esse rapaz ficou atrapalhado com pessoas ao seu redor a ponto de ir para a reserva do Coritiba por algum tempo.  Precisou um tal de Sergio, lá de Buenos Aires, dizer que o passe é dividido em seus interesses, tendo o Verdão  80%, no caso direitos federativos, restante outros vinte para êle ( empresário). E fim de papo.  

Fugindo um pouco do noticiário esportivo, como cidadão, torço também pelo melhor encaminhamento do nosso Estado. É o caso do pouco tempo no comando do Paraná, pelo Governador Pessuti, conseguindo com sua cordialidade e inteligência resolver pendências que vinham prejudicando o orçamento estadual, lá em Brasilia, tendo também no Senador Osmar Dias outro componente no apoio irrestrito. Imaginem agora, politicamente dizendo, se Pessutão conseguir baixar o pedágio. Não sei não ?

Festa alviverde.

28 abril, 2010 às 09:57  |  por Capitão Hidalgo

Muito concorrida à festa do Coritiba ontem no Restaurante Madalosso em Santa Felicidade. Com um salão inteiro lotado com  presenças de vários conselheiros, diretores, profissionais de todos os departamentos, imprensa e centenas de torcedores. Quando chamado a frente, o técnico Ney Franco, disse se utilizar quando dos jogos de um vídeo sobre a catástrofe de um dos Estados da América do Norte, Lousiane, quando apareceu o Katrine para derrubar todas as estruturas deste povo localizado. Em pouco tempo, claro, sempre fazendo analogia deste desastre, Ney, foi relatando o crescimento no sentimento desta localidade dos Estados Unidos, tomando por base o time que se formou neste Estado e que em pouco tempo teve uma conquista extraordinária no famoso Soccer (futebol americano) levado na força e na raça. Foi um exemplo que contagiou o atual elenco alviverde. Parece que deu certo. Depois veio o pronunciamento do atual vice, Vilson Ribeiro de Andrade, que de forma eloqüente tocou em vários assuntos e em especial esta promoção de sócios. Foi na verdade um reencontro de pessoas que estão sabendo respirar este momento imaginando possibilidades de futuro.

Ainda sobre este acontecimento, ao meu lado em uma das mesas (haviam centenas de mesas do restaurante) estavam o vereador Aladim, Pachequinho, Dirceu Krugger, Alecsandro (irmão do Alex) e o narrador esportivo, Gilmar de Marchi, da Rádio Tropical AM-1320. Na verdade num momento como esse o assunto é sempre retratar as coisas passadas e bem vividas. Gostaria de também manifestar o carinho que muitos torcedores proporcionaram a mim onde da mesma forma retribuir-lhes com muita gratidão. Saí do Madalosso com aquela do dever cumprido como atleta. Desculpe a modéstia. 

Enquanto isso, teremos nesta 4ª-feira jogos importantíssimos valendo a Copa do Brasil e Libertadores de América, galo Mineiro e Santos, uma grande pedida, enquanto lá na Cidade Maravilhosa o grande clássico Flamengo e Corinthians. Por falar nessas duas agremiações, saiu ontem uma pesquisa do Data Folha, que em termos de torcida, cresceu muito a do Timão chegando agora perto do Mengão. Foram registrados 17% da torcida ao Flamengo contra 14% para o Corinthians. As duas somadas girando em torno de 45 milhões de adeptos. 

 Ainda sobre a vinda do Ministro dos Esportes a nossa Capital, Orlando Silva, a verdade é que muitos continuam entendendo que o Atlético terá  amplas dificuldades para o término da obra do Estádio da Arena visando o Mundial de 2014. Cheguei a ouvi dele que o responsável será o governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Curitiba. Onde vai parar essas dúvidas acredito que não tenha data e hora marcada. 

Recebi com muita satisfação um alô do atual Prefeito de Londrina, Barbosa Neto, convidando-me a estar na próxima semana na Capital do Café. Para quem não se lembra, Barbosa participou de um  programa aqui em nossa cidade pela CNT, onde, depois,  partiu decisivamente para a política chegando a condição de Deputado Federal. Outra informação que passo aos senhores é que Barbosa Neto, um comunicador por excelência, é proprietário da Rádio Brasil Sul de Londrina. Portanto, a minha ida para lá é conhecer todos os integrantes que farão parte da cobertura deste Mundial da África pela Brasil Sul onde a Rádio Tropical AM-1320 de Curitiba fará parte da rede. 

Até a próxima.

Serão 8 ou 12 cidades?

27 abril, 2010 às 09:28  |  por Capitão Hidalgo

Começo a não entender mais nada quanto a obrigação das construções dos estádios visando o Munidal de 2014. Ontem, participando de uma aAudiência Pública, o Ministro dos Esportes, Orlando Silva, mostrou-se inquieto quanto as perguntas sobre o andamento do projeto das  cidades que atenderão este evento. Uma hora com 12 cidades, o pedido teria sido pelo Presidente Lula a Joseph Blatter, sabendo que a Fifa havia soliciado somente 8 praças esportivas. Desse encontro. onde esteve também o Senador Álvaro Dias, relator do processo sobre alterações da Lei Pelé, agora a exigência do Ministro passa de forma obrigatória que o Estado e Município terão a obrigação de apoiar a construção da Arena. Com que dinheiro. Será do Pac ?

Quando tenho conhecimento das cifras dos técnicos de futebol, confesso aos senhores da minha preocupação enquanto tivermos dirigentes sem capacidade para tanto, eles (técnicos)vão levando o o orçamento sozinho. Leão no Goiás e Muricy no Fluminense. Imaginem a nota preta para serem os escudos das péssimas administração. Gente, poêm na cabeça que quem resolve no campo é o jogador. Façam uma seleção de bons atletas que qualquer técnico ganha o jogo. Sem tirar o mérito do Feola, Campeão do Mundo/58 na Suécia e Lula do Santos são os exemplos claros. 

Recebo convite para estar hoje em Santa Felicidade quanto as solenidade de entregas das faixas dos campeões de 2010. Oportunidade tambem que os dirigentes terão para explicar o projeto Joinville/Série B,  a respeito da maior quantidade de sócios no clube, é claro, em terem mais condições financeiras para levarem este ano. Aí, fico a pensarno tempo perdido da diretoria passada. Que desastre. Onde é que eles estão neste momento de agonia.

Quanto ao Atlético com um quadro de mais de 20 mil sócios, tem a meu ver uma situação mais segura quanto ao orçamento necessário para o cumprimento desta etapa do ano. Resta saber como andará o time neste Brasileirão 2010. O presidente Marcos Malucelli que tem sido rígido quanto a parte financeira, me dá a impressão que está  muito mais para acertar o clube financeiramente do que ter uma grande equipe em campo. Será com certeza mais um ano de dúvidas no comportamento da agremiação em campo.

 Neste final de semana teremos um jogo amistoso na conclusão dos festejos do titulo conquista pelo alviverde. O adversario será o time do Joel Santana, que já foi técnico do Coritiba alguns anos atrás, vindo como campeão da temporada do Rio de Janeiro pelo Botafogo F.R. Será no sábado á tarde sendo que no domingo também com transmissão da Rádio Tropical Am-1320  a final do campeonsato paulista entre o Santos e Santo André. Vale a pena conferir.

Até a próxima.

Santos está com a taça?

26 abril, 2010 às 08:59  |  por Capitão Hidalgo

Claro que a balança pesou individualmente a favor do Santos na partida de ontem no Pacaembú contra a boa equipe do Santo André. Com um primeiro tempo primoroso o time de Santo André dominou todas as ações, chegando inclusive ao gol que levou ao vestiário com a vantagem no placar. Vindo o 2º tempo aí sim, mesmo sem Neymar contundido, entrando outra boa expressão o atacante André, com isso obrigando o time adversário a recuar o que deu uma melhor mobilidade ao Marquinhos e Paulo Ganso. Mas a autoridade do jogo foi o Wesley, deslocado para a direita fazendo 2 gols. Ganhou o Peixe por 3×2 e agora no domingo a consagração com toda certeza será do time de Vila Belmiro.

Que o fim desta semana do Campeonato Paranaense seja lembrado eternamente pelo desastre de um regulamento mal feito e que teimosamente foi seguido a risca sem a notória presença dos homens que dirigem a Federação. Esta última rodada então foi de chorar. Com público de 500 pessoas, na Vila Capanema foi assim, terminou o pior campeonato da terra.. Parabéns aos inventores e acima de tudo teimosos.

A diretoria do Coritiba reunirá amanhã em Santa Felicidade um jantar comemorativo ao título do ano. Além destas homenagens será lançado um pacote de valores aos associados. Confesso que temo pela sorte deste projeto porque não há como um cidadão ser sócio neste momento de um o clube que jogará o 1º turno inteiro fora do Estádio Couto Pereira. Sabemos da luta de quem está por trás disso, mas fico pensando se a equipe reunirá forças para aguentar este tranco. Agora, é momento de se dizer quanto estrago fez a diretoria passada, que mesmo contratando o Pitágoras, não vai acertar as contas do alviverde.

Depois de muita coisa conquistada, saindo do foco por algum tempo, aliás, o futebol é assim mesmo, o técnico Muricy Ramalho volta a trabalhar e será no Rio de Janeiro dirigindo o Fluminense das Laranjeiras. Estando fora das quatro linhas neste período que deixou o Palmeiras, Ramalho verá como funciona o ritmo de trabalho ao estilo carioca, afinal, a Cidade Maravilhosa proporciona muitos atrativos. Dizem que por lá o preparo físico é depois da praia. Como sempre foi rígido, Muricy, vai experimentar outro gosto do futebol.

Ano de Copa do Mundo e de Eleições Gerais não é fácil. Parece que a coisa vai sendo empurrada em suas decisões. Pode até parecer engraçado mas é verdade, pois, qualquer que seja uma estratégia de boas intençoes vem à sombra uma paralização mental com reflexos negativos. Tem até aquele que reclama do mau tempo, da chuva e assim por diante, só para não responder e agir as questiúnculas. Como muitos pensam asim, que tal, buscar os entremeios .

Até a próxima.

Usain Bolt de novo.

25 abril, 2010 às 10:47  |  por Capitão Hidalgo

Por essa a presidenta do Flamengo, Patrícia Amorim, nao esperava com a recusa do famoso Natalino, Joel Santana, que preferiu continuar dirigindo a Estrela Solitária. Na coluna de ontem fiz críticas pela maneira sempre incorreta de se tratar as coisas dentro desta agremiação. Quando retornou da África, aliás Joel se manifestou da traição que teve neste país, dizia na oportunidade quem ganharia com sua volta seriam os cariocas. Figura ímpar, jeito de bonachão, tratando com muita fidalguia a imprensa esportiva, claro, cativou em seu retorno e de cara disse que o Rio de janeiro seria diferente . Dito e feito. Pegando um time em baixa não é que ele conseguiu dar a volta por cima ganhando os 2 turnos que disputou ganhando o título. Por agradecimento a todos que colaboraram com ele aceitou ficar no Fogão.

Amanhã, portanto, teremos então uma participação na OAB/Paraná, de uma reunião com a presenças ilustres do Ministro dos Esportes, Orlando Silva. Zico, assim como o Senador Álvaro Dias, relator do projeto das possíveis alterações na Lei do Desporto de nº 5186/5 . Com a participação do mundo esportivo local, e também  da imprensa, alguns temas serão discutidos como o fim do empresário no futebol, seriedade na condução administrativa nos clubes, como também, proteger as agremiações que criam os jogadores do futuro. A Lei Pelé, 615/98, terá com issso alterações em 31 artigos. É aguardar para ver.

Não deu outra. Mais uma vez o “Raio”, Usain Bolt, ajudou seu país a ganhar mais um Torneio, Pen Relays na Filadélfia/USA,  desta vez participando com seus companheiros no revezamento 4×100. A verdade é que Bolt passou a ser estrela por onde anda. E tem mais que é seu carisma. Bastou colocar os pés na pista para ser ovacionado. A sua parte nesta competição foi de 8″,79.

Quem esteve ontem nos estúdios do SBT de Curitiba foi o desportista campeão, hoje Secretário de Esporte e Lazer, Rudimar Fedrigo. Apaixonado pelo esporte, foi falar deste acontecimento de hoje no Círculo Militar, o Samurai Fights Combat. É bom que se saiba que Rudimar é dono de academia já alguns anos com aulas nessas  modalidades de Artes Marciais, onde já fez muitos campeões como o Vanderlei Dias  no Japão e Estados Unidos.

Minha gente, temos que tirar o chapéu para o futebol dos paulistas. Mesmo com a força dos times da capital, a região do ABC não ficou para trás, sendo que depois de algum tempo, coloca no campeonato da próxima temporada os times de Santo Andre, São Caetano e agora o São Bernardo. Quem pode, pode.

Até a próxima.

Flamengo, sempre Flamengo.

24 abril, 2010 às 07:15  |  por Capitão Hidalgo

Ninguém me convence que depois de tanta divulgação das praças que estarão sediando a Copa do Mundo aqui no Brasil em 2014,  estaria sendo agora refugado com as notícias de que das 12 cidades brasileiras somente 8 delas poderão estar recebendo o Mundial/2014.  É na verdade uma pressão pura que vem  de Brasilia, com o Ministro Orlando Silva mexendo com os brios da moçada. Será isso ? Bem, como deverá estar aqui na próxima 2ª feira ao lado do Senador Álvaro Dias, que é o relator das novas medidas da Lei Pelé dos Esportes, poderá falar a respeito dessas insinuações. 

A palhaçada no Flamengo é constante. Não bastasse demitir o Andrade, uma grande figura do clube desde seus tempos de jogador de futebol, que chamado na hora ruím para dirigir o time, colaborou chegando inclusive ao título brasileiro de 2009, teve por parte dos jogadores um batuque de menosprezo no momento em que em outra sala a presidenta Patrícia Amorim explicava o porque da demissão. Fala sério. Dá para acreditar num clube que se voltou contra um dos seus mais destacados dirigentes, o Kleber Leite, nessa última eleição do Clube dos Treze. E não bastasse isso iniciou uma campanha contra o flamenguista Ricardo Teixeira da CBF. Dá para aceitar isso?

O companheiro Ayrton Batista Jnuior, aqui da casa, com sua famosa cronica diária Craques e Caneladas, fazendo menção em sua coluna do meu nome em relação algumas histórias acontecidas neste mundo do rádio esportivo. Quero agradecer o amigo pelo carinho da lembrança.

Lembro-me das palavras do maior de todos os locutores esportivos do Brasil, Pedro Luis, que dizia nem sempre  tinha a frente um jogo bom para relatar, mas o seu maior esforço como profissional do microfone, era passar uma alegria como se tudo estivesse a contento. Digo isso porque hoje a tarde no Couto Pereira, a partida do Coritiba frente ao Cascavel não valendo nada por nada, terá que ter o brilho daqueles que sabem colocar o imaginário no rádio para seus ouvintes. Boa sorte aos companheiros da Rádio Tropical Am-1320 .

Nesta 2ª feira teremos serão entregues troféus aos melhores do Campeonato Paranaense de Futebol. Será no Restaurante Toscana em Santa Felicidade em uma promoção dos companheiros da Rádio Banda B. Antecipadamente agradeço convite confirmando que estarei presente com toda a Equipe de Esportes da Rádio Tropical.

Até a proxima.

Braatz na Copa.

23 abril, 2010 às 09:07  |  por Capitão Hidalgo

A diferença de momento do futebol paranaense com outras praças é gritante. Enquanto somos desclassificados em apenas duas rodadas desta Copa do Brasil, equipes tradicionais continuam com seus calendários recheados de compromissos como,  Libertadores de América e também  a Copa do Brasil. Aliás, este tipo de regulamento da Copa do Brasil é o menor caminho que pode levar um time a disputar no próximo ano uma Libertadores. A verdade é que enquanto nossas equipes não se aprimorarem no fecho do ano na convicção e critério de montagem de um elenco de melhor formação, continuaremos neste marasmo irritante.

Nada como o tempo, ou melhor, o tempo é o senhor da razão, como diria o mais cético em definir alguma coisa colocada como dúvida. É o caso do técnico Dunga, que foi deixando as coisas se ajeitararem como um caminhão de melancias. Já não há mais tanta insistência da imprensa quanto ao Fenômeno, Roberto Carlos e mesmo o Ronaldinho Gaúcho, sentindo o distanciamento neste proposito de convocação. Ficam sobrando agora os garotos da Vila Belmiro, Neymar e Ganso, na constatação que somente por teimosia não serão levados nesta Copa da África. A cada gol do Neymar a lembrança vem a tona.

Pelo andar da carruagem os técnicos Ney Franco, Leandro Niehues e Marcelo Oliveira ganharam a preferencia de continuidade em seus cargos. Entendo como muito bom, afinal, eles que já roeram os ossos de um ínicio de temporada e são merecedores desta consideração. Pelo menos está existindo este bom senso dos diretores dos clubes neste aproveitamento sequencial, pois, está se abrindo a porta de mais um temporada complicadíssima neste Brasileirão/2010. 

Jogos marcados para este sabado já sem nenhum proposito de valer coisa alguma vou me levar pelo que sempre disse o comentarista, Loureiro Jr, experiente radialista de São Paulo, um verdadeiro estraga feijoada. Com o título conquistado, antecipadamente, não há razão para motivação nesta rodada, portanto, nada mais a comentar.

O linesman, ou seja, bandeirinha, Roberto Braatz da Federação Paranaense de Futebol, nascido na cidade de Candido Rondon será o grande representante do Estado do Paraná, neste Mundial na África. Mostrando muita personalidade e condução no seu trabalho é na verdade merecedor desta outorga esportiva. Na sua participação neste clássico ATLETIBA onde esteve ao lado do Pontarollo e o Denival de Moraes, fiquei a observá-lo boa parte do tempo. É impressionante sua vigilância quanto a última linha dos defensores, porque aí está sua extraordinária conduta sem deixar nenhuma dúvida quanto a algum lance.

Papo bom com o Neto.

22 abril, 2010 às 09:02  |  por Capitão Hidalgo

Nao se pode tirar o mérito atleticano quanto sua disposição na partida de ontem frente a equipe do Palmeiras. Prejudicado desde os 15 minutos do 1º tempo com a explusão do Bruno Costa,  mesmo que contando com 10 elementos chegando ao gol com Alan Bahia, poderia levar a partida as penalidades máximas mas, com o o gol de Lincoln no finalzinho do jogo, tirou totalmente as esperanças. Foi valente o Furacão.

Nos vestiários ouvi o presidente do Atlético, Marcos Malucelli, dizendo que continuará com o técnico Leandro Niehues, afirmando que invés de pagar um alto salário a uma nova comissão técnica trará melhores jogadores. Até que enfim uma coisa boa na praça. querem saber, meus amigos, quem ganha e perde um jogo são os jogadores. Se o clube tiver excelentes jogadores a tendencia é ganhar.

Antes do jogo de Atlético e Palmeiras, seu amigo aqui, comandava um programa de espera nos estúdios da Rádio Tropical ao lado do plantão Galiano e do excelente locutor Gilmar de Marchi. Da cabine da Arena, Luis Cláudio, Eduardo Vieira, Caetano, Evilásio e Isaias Bessa quando tive a oportunidade de um longo papo com o ex-jogador Neto, hoje comentarista da Tv.Bandeirantes. Com muita sinceridade foi discorrendo vários temas desta conversa que se tornou muito agradável. Bem posicionado com os assuntos, crítico por natureza,  toca bem as coisas por ser um conhecedor dos meandros por dentro e  fora do futebol. 

Foram várias as ligações que tive a respeito da transmissão da Bandeirantes, neste jogo na Arena,  que teve a presença deste que é o mais consagrado locutor de televisão do país, Luciano do Valle. Soube que fez uma saudação a mim ao longo do jogo no que muito me orgulha. Na verdade conheço o “Bolacha” de longa data, desde quando transmitia por rádio os jogos no Estado de São Paulo. Luciano é nascido em Campinas, onde tudo começou, é um  profissional completo, pois, já transmitiu de tudo no esporte, levando sempre nas costas as modalidades olímpicas quanto nem existiam.

Passado mais um rodada desta Copa do Brasil, vemos que não temos mais ninguém aqui do Paraná na sequência da mesma, numa prova inequívoca que precisamos melhorar muito para colocar novamente a cara no mercado

Até a próxima.

Palmeiras preocupado.

21 abril, 2010 às 08:05  |  por Capitão Hidalgo

A delegação do Palmeiras, apreensiva com o que possa acontecer neste jogo de logo mais contra o Atlético, pediu reforço na segurança para evitar qualquer tipo de retaliação. Engraçado que além do problema estabelecido em São Paulo com erro imperdoável do zagueiro Danilo em chamar o Manuel de “macaco” e ainda por cima cuspindo em sua cara, queira ter paz e aplausos. Agora, o que o Furacão precisa mesmo é jogar futebol, até porque, ultimamente está confuso.

O que o técnico Dunga da equipe brasileira de futebol quis dizer  que não haverá surpresa na convocação do dia 11 de maio/2010 é colocar forma dúbia. Com aquela falta de cultura e educação, achando que só ele entende da matéria, força a barra para cima dos reporteres dizendo que os 3 anos e meio já deu para constatar quem vai com ele para essa missão. Vou reforçar minha opinião a respeito da sua  necessidade de escolher mais 7  jogadores no stand-by onde fará a média necessária. 

Recebo convite para estar presente neste dia 26 de abril as 10 horas na sede da OAB/Paraná quando o relator do Projeto na lei Geral do Esporte, ou seja Lei Pelé, Senador Álvaro Dias em audiência pública ouvirá as lideranças deste segmento. Também estará presente o Ministro dos Esportes Orlando Silva. Vamos conferir.

Existe uma conversa na praça que o Coritiba perderá alguns dos seus profissionais. O primeiro a deixar o clube foi o lateral Rodrigo Heffener que está indo para o Guarani de Campinas e o outro que se comenta é que o Ariel iria para o Vasco da Gama. Neste momento o jogador que tiver seu passe ligado a empresário quem se estrepa é o clube. É a roda viva do futebol.

Quem andou por aqui nesta semana foi o Presidente do Clube dos Treze, Fábio Koff, alardeando que irá apoiar mais os clubes da segundona neste brasileirão 2010. Porque será que em outros tempos não fez isso. Na verdade  bastou sofrer uma pressão danada paa tirar o traseiro da cadeira. Agora, a forma de colaboração que seria no caso dinheiro, de que forma colaborará é que serão outros quinhentos.

Até a próxima