17º

Brinquedos novos exigem cuidado dos pais

Ministério da Saúde alerta pais para que evitem objetos pontiagudos, cortantes e pequenos

22/12/11 às 22:08   |  Redação Bem Paraná

Está chegando a época em que as crianças recebem a esperada visita do Papai Noel. Para que os presentes não causem surpresas desagradáveis, é importante que pais e responsáveis procurem brinquedos seguros e de qualidade. Objetos pontiagudos, cortantes e pequenos devem ser evitados.

“É preciso atenção com a adequação do brinquedo à idade das crianças. Os pais devem ficar atentos às informações do rótulo ou da embalagem. Sempre procurar pelo selo do Inmetro é uma das recomendações”, cita a coordenadora da Área de Acidentes e Violências do Ministério da Saúde, Marta Silva.

Brinquedos com pontas ou extremidades cortantes e peças pequenas devem ser evitados, por conta do risco de cortes ou da soltura de peças. “Peças pequenas são risco para engasgamento, sobretudo em crianças de até quatro anos”, frisa Marta Silva.

Brinquedos com correntes, tiras ou cordas com mais de cinco centímetros, também devem ser evitados sejam evitados. “Eles podem enrolar no pescoço e estrangular a criança”, alerta. Quanto aos materiais, estes devem ser laváveis e as tintas e demais componentes devem ser atóxicas e não descascarem.

O mesmo cuidado deve-se ter na hora de abrir o presente. Os sacos plásticos das embalagens podem causar sufocamento. Grampos e arames podem provocar eventuais machucados. “Orientamos, também, que os adultos estejam muito atentos ao guardar os brinquedos. Se eles ficarem esparramados podem ocasionar quedas”, lembra a coordenadora.

Skates, patins e bicicletas oferecem riscos de tombos e machucados. “Os pais devem calçar os pequenos com sapatos fechados, evitar cadarços soltos para não enroscar nas rodinhas, e, de preferência, insistir para que o filho use capacete”, observa Marta.  “Também é importante não usar esses brinquedos em locais onde tem carro. Veículos são sempre um risco para as crianças se ferirem”, acrescenta.

ENFEITES DE NATAL- Embora crianças fiquem fascinadas pela decoração de Natal, guirlandas, bolas e pisca-piscas podem esconder perigos. Para garantir a segurança dos pequenos, evite enfeites que sejam afiados ou quebráveis, como bolas de vidro, e mantenha outras decorações com partes pequenas longe do alcance delas.

Outra dica é não usar enfeites que pareçam doces ou alimentos, para evitar que as crianças se confundam. Também é importante não deixá-las sozinhas em locais com piscas-piscas. A curiosidade pode levá-las a pegar a decoração e colocar na boca, o que pode causar choque elétrico. 

 

Publicidade
0 Comentário