16º

Em 18 jogos, Atlético perde mais pênaltis que 2010 e 2011 juntos

Em pouco mais de dois meses neste ano, quatro das nove cobranças a favor da equipe foram desperdiçadas

26/03/12 às 21:59 - Atualizado às 15:52   |  Silvio Rauth Filho
Bruno Mineiro cobra pênalti contra o Rio Branco: defendido pelo goleiro (foto: Valquir Aureliano)

O Atlético já desperdiçou quatro pênaltis nos 18 jogos de 2012. Foram nove cobranças e cinco que resultaram em gol, com índice de 55% de aproveitamento. Até agora, esses erros não fizeram muita diferença no placar final. Mas uma comparação com temporadas passadas liga o sinal de alerta.

Em 2011, o Atlético teve 14 pênaltis a favor em 69 jogos oficiais. Desse total, 13 foram convertidos, com índice de 93% de acerto. Em 2010, foram 15 pênaltis em 64 partidas oficiais. Treze deles foram convertidos, ou seja, 87% de acerto. Ou seja, na soma de 2010 e 2011 foram três pênaltis perdidos, contra os quatro de 2012.

Na atual temporada, o atacante Bruno Mineiro cobrou cinco penalidades e acertou três. Nas duas que errou, contra Corinthians-PR e Rio Branco, o Atlético venceu fácil – por 4 a 0 e por 3 a 0, respectivamente. O atacante Guerrón errou o pênalti contra o Roma, mas aproveitou o rebote da cobrança e marcou o gol. A partida terminou empatada por 1 a 1. O quarto pênalti errado foi no último domingo, na vitória por 3 a 0 sobre o Cianorte. O meia Marcinho, que atuou improvisado como centroavante, desperdiçou a cobrança.

Os únicos que só acertaram os pênaltis até agora são o meia Harrison e o atacante Bruno Furlan. Cada um cobrou uma penalidade.

Em 2011, o principal responsável pelo alto índice de acerto nessa jogada foi o meia Paulo Baier. No ano passado, ele cobrou dez pênaltis e acertou os dez. O volante Cleber Santana bateu dois e errou um. Lucas e Marcinho cobraram um cada e converteram.

Em 2010, o mestre nessa jogada foi o volante Alan Bahia, com seis cobranças e seis acertos. Paulo Baier acertou três das quatro penalidades. Netinho converteu duas das três tentativas. Alex Mineiro e Bruno Mineiro acertaram um pênalti cada, sem erros.


Na Baixada

Escalação
O meia Paulo Baier será poupado e não viaja com o time para Toledo, onde o Atlético enfrenta a equipe local na quarta-feira às 22 horas. Os volantes Renan Foguinho e Alan Bahia são os mais cotados para substitui-lo. O atacante Bruno Furlan, expulso no domingo, cumpre suspensão. O mais provável é que Edigar Junio seja mantido na ponta-esquerda.

Aniversário
Os 88 anos de fundação do Atlético tiveram como destaque a hashtag #CAP88, a palavra mais comentada do Twitter no Brasil na segunda-feira. O clube também organizou uma foto comemorativa com 88 sócios e distribuiu brindes para recém-nascidos.

Obras
O Atlético divulgou ontem um balanço da ampliação da Arena, no site www.arenacap.com.br. Segundo os dados, 42% das obras já estão concluídas.


Publicidade
0 Comentário