17º

Polícia prende em Minas Gerais suspeito de matar padrasto em Curitiba

Ele se desentende com a vitima porque agredia a mãe do acusado.

30/04/12 às 17:42   |  Da redação, com Sesp

Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) prenderam na sexta-feira (27), na periferia de Governador Valadares (MG), IMSN, 22 anos, apontado pela polícia como autor do homicídio contra Arion Cesar Foerster Filho, 35, em dezembro de 2010, em sua residência no bairro Alto Boqueirão, em Curitiba.

Arion morava com Elizamar Moreira dos Santos Nunes, 45, sua companheira. De acordo com as investigações, o casal era usuário de drogas e usavam a casa que foi alugada pelos pais de Arion, para consumir drogas com outros usuários. Lizamar é mãe do homem preso.

Segundo a polícia, o filho mais velho de Elizamar e irmão do suspeito foi preso dois dias antes do homicídio de Arion. No interrogatório ele disse que o padrasto agredia sua mãe constantemente, o que aumentou as suspeitas sobre IMSN, o filho mais novo de Elizamar.

O CRIME – Segundo o delegado-titular da DH, Rubens Recalcatti, a relação do casal era conturbada, Arion era violento com sua companheira. No dia do crime, IMSN teria ido até a residência para visitar sua mãe, mas ela não estava. Durante uma conversa, ele e o padrasto se desentenderam, então por conta disso e das agressões que a mãe recebia, o suspeito estrangulou, jogou álcool e ateou fogo na vítima.

IMSN foi preso pelos investigadores Carlos Henrique e Luiz Sidenes, com o apoio da polícia de Governador Valadares (MG), em cumprimento ao mandado de prisão temporária. Ele estava no bairro Bela Vista, na periferia da cidade. Ele teria vindo para Curitiba para trabalhar como gesseiro, mas depois que cometeu o crime fugiu para a cidade natal. O suspeito foi transferido para Curitiba, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Publicidade
0 Comentário