13º

DER promove leilão de 726 veículos e sucatas

02/05/12 às 10:14   |  AEN

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) realiza, no próximo dia 17, em Curitiba, o primeiro leilão de sucatas e veículos apreendidos pela Polícia Rodoviária Estadual neste ano. Serão vendidos 726 veículos, divididos em 91 lotes, sendo que 313 unidades são de automóveis de várias marcas e potências, 410 itens são de motocicletas de diversos modelos e cilindradas e três ofertas são de caminhões. 


O leilão será às 14 horas, no auditório do edifício sede do DER, na Avenida Iguaçu, 420. Segundo a Comissão de Leilão, devido às condições de apreensão, são veículos em estado de conservação precário e destinam-se exclusivamente para desmonte legal e reaproveitamento comercial de suas peças, partes metálicas e motores.
Os veículos automotores de diversos tipos que serão postos à venda foram apreendidos ao longo das rodovias do Estado e não retirados por seus proprietários dentro dos prazos legais.

 
Os interessados podem conferir o Edital do Leilão de Sucatas n° 0001/2012 no site www.der.pr.gov.br . Também é possível visualizar fotografias dos lotes, com a relação dos números de registro, marcas e modelos de automóveis, placas, ano de fabricação e cor na página do DER. 


Os 91 lotes estão localizados na capital e em municípios do interior do Estado. Em Curitiba encontram-se na Pedreira do Atuba. Em Ponta Grossa, Ibiporã, Jacarezinho e Ibaiti, no pátio do DER. Em Peabiru, Iporã, Siqueira Campos e em Tamboara, no pátio da Polícia Rodoviária Estadual. 


Os veículos poderão ser examinados no local onde se encontram depositados, nos três dias úteis que antecedem ao leilão, das 8 às 18 horas, sendo que para ingresso no local de depósito exige-se a apresentação do documento de identidade. É permitida apenas a avaliação visual dos veículos.
Durante o leilão, os lances serão verbais, considerando-se ganhador o licitante que oferecer o maior valor pelo lote, o qual será acrescido de 5% de comissão do leiloeiro oficial. Sobre o valor arrematado não haverá incidência de ICMS, desde que a empresa arrematante esteja sediada no Estado do Paraná.


Para colocar os veículos a leilão, o DER seguiu a Resolução nº 331 do Contran, de 14/08/2009, que dispõe sobre a uniformização do procedimento para realização de hasta pública dos veículos removidos, recolhidos e apreendidos pelo Batalhão da Polícia Rodoviária do Estado do Paraná, devidamente baixados no Detran/PR, e a Resolução nº 179 do Contran, de 07/07/2005, que define os procedimentos para baixa de veículos. Poderão participar do leilão pessoas jurídicas.

Publicidade
0 Comentário